ACOMPANHE-NOS    
AGOSTO, QUARTA  10    CAMPO GRANDE 11º

Capital

Discussão por cadeado termina com homem ferido a pedradas pelo próprio genro

O caso aconteceu na manhã deste domingo (19), na Rua José Antônio de Almeida

Por Viviane Oliveira e Cleber Gellio | 19/06/2022 11:13
Sangue da vítima ficou no meio-fio (Foto: Marcos Maluf) 
Sangue da vítima ficou no meio-fio (Foto: Marcos Maluf)

Homem de 51 anos identificado apenas como Paulo ficou ferido após ser atingido na cabeça por vários golpes de pedra, desferidos pelo genro. O caso aconteceu na manhã deste domingo (19), na Rua José Antônio de Almeida, no Universitário, bairro localizado na saída para São Paulo, em Campo Grande.

Testemunhas que impediram o genro de matar o sogro contaram que as agressões começaram por causa de um cadeado. A vítima sofreu vários golpes na cabeça, foi socorrida pelo Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) para uma unidade de saúde. Não foi informado o estado de saúde de Paulo. Após o crime, o genro fugiu antes da chegada da Polícia Militar. A pedra usada para golpear a vítima foi apreendida.

Mulher recolhendo a roupa do ex-marido (Foto: Marcos Maluf) 
Mulher recolhendo a roupa do ex-marido (Foto: Marcos Maluf)

Segundo relatos de um comerciante de 77 anos, proprietário de bar na região, e o colega de 46 anos, se os dois não interviessem, o genro teria matado a vítima. “Os golpes foram todos na cabeça. Teve muito sangue, inclusive acabei de lavar aqui”, disse o idoso apontado para a calçada. Ele explicou que a briga começou em outro ponto, mas quando a vítima conseguiu escapar correu para o outro lado da via.

“Não gostei de ver aquilo e interferi”, disse a outra testemunha. Enquanto a equipe do Campo Grande News fazia a reportagem, a ex-mulher de Paulo foi até o local recolher as roupas dele, que estavam cheias de sangue. “Ele bebe e acaba indo na casa de um, de outro, e às vezes importunando alguém”, lamentou.

Nos siga no Google Notícias