ACOMPANHE-NOS    
JANEIRO, SÁBADO  29    CAMPO GRANDE 23º

Capital

Dois bairros da periferia da Capital terão Praças de Esporte e Cultura

Por Paula Vitorino | 29/02/2012 14:45

Investimentos federal e municipal totalizam R$ 8,3 milhões

Assinatura da liberação do recurso aconteceu na superintendência da Caixa. (Foto: Paula Vitorino)
Assinatura da liberação do recurso aconteceu na superintendência da Caixa. (Foto: Paula Vitorino)

Com investimentos de R$ 8,3 milhões, dois bairros da periferia de Campo Grande, Parque do Sol e Jardim Noroeste, serão beneficiados com a construção de praças de esportes e cultura. As áreas serão as únicas da Capital a serem beneficiadas pelo projeto federal, que reúne no mesmo espaço, lazer, esporte e cultura.

O prefeito Nelsinho Trad e o superintendente regional da Caixa Econômica Federal em Mato Grosso do Sul, Paulo Antunes de Siqueira, assinaram nesta manhã a liberação do recurso. Do montante, R$ 1,3 milhão é da Prefeitura.

As áreas terão CRAS (Centro de Referência da Assistência Social), salas de multiuso, biblioteca com telecentro, multiteatro com 125 lugares, pista de skate, quadra de areia, quadra poliesportiva coberta, pista de caminhada, espaço para ginástica e playground.

O área padrão para as praças é de 7 mil metros quadrados, mas a Praça do Parque do Sol irá abranger espaço total de 10 mil metros quadrados.

De acordo com o prefeito, a construção das praças significa uma “evolução em vários aspectos para as duas regiões”. Ele explica que o projeto vai além de uma simples praça, “é toda uma concepção social, é um ganho tanto para o lazer quanto para a cultura”.

Além do espaço construído, a população será beneficiada com a melhoria da infra-estrutura ao redor da praça. O projeto determina que as ruas ao redor sejam asfaltadas e tenham rede de esgoto.

As obras de infra-estrutura serão realizadas pela administração municipal ao longo da construção das Praças, mas o prefeito informou que ainda será feito o projeto e orçado o recurso necessário.

Nas duas praças, três das ruas que abrangem o quadrilátero não são asfaltadas e a região não tem rede de esgoto.

O processo de licitação para a construção das Praças deve ser lançado na próxima segunda-feira (5) e as obras iniciadas dentro de 60 dias.

Três bairros Capital concorreram ao projeto, mas apenas dois foram aprovados. No Estado, os municípios de Dourados e Corumbá também deverão ser beneficiados com as Praças, mas com estrutura menor.

Só alegria - Os presidentes dos dois bairros participaram da assinatura de liberação do recurso e comemoraram a conquista. As Praças serão os primeiros locais gratuitos de lazer nos dois bairros.

“Vai ser muito bom para todos os moradores. É uma melhoria para questão social da região, mas também vai valorizar o bairro”, acredita o presidente do bairro Jardim Noroeste, Carlos Henrique Faustino Rosa.

O presidente do bairro Parque do Sol, Celso Luiz de Paulo, lembra que a construção da Praça é uma antiga reivindicação dos moradores.

“É uma grande área que a Praça vai beneficiar e muitos dos moradores são humildes, não tem um local de lazer”, frisa.

Segundo os presidentes, os moradores dos bairros já estão ansiosos pela contrução da obra. "Já distribui panfletos falando da praça para alguns moradores e eles já estao cobrando quando ficará pronto o espaço", frisa.

Projeto Jardim Noroeste. (Foto: Reprodução)
Projeto Jardim Noroeste. (Foto: Reprodução)
Projeto Parque do Sol.
Projeto Parque do Sol.
Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário