A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

18/06/2013 18:34

Em audiência, motorista que matou passageiro de táxi alega desatenção

Mariana Lopes
Antes de entrar na sala de audiência, Diogo ficou sentado com uma das testemunhas e não conversou com quase ninguém (Foto: Pedro Peralta)Antes de entrar na sala de audiência, Diogo ficou sentado com uma das testemunhas e não conversou com quase ninguém (Foto: Pedro Peralta)

Foi ouvido na tarde desta terça-feira (18), o motorista da caminhonete envolvida no acidente com um táxi, no qual um morreu e dois ficaram feridos, na madrugada do dia 11 de fevereiro deste ano, na avenida Afonso Pena, em Campo Grande.

Em depoimento ao juiz, o motorista da caminhonete, Diogo Machado Teixeira, de 36 anos, alegou que estava desatento ao trânsito na hora que colidiu com o táxi, no cruzamento com a rua Bahia.

Aparentemente nervoso durante o interrogatório, Diogo afirmou que não estava embriagado, como consta nos laudos do processo e apesar de o teste etílico dele ter apontado 0,59 mg/L de álcool no sangue.

Em vários momentos, o réu engasgou ao responder aos questionamentos do juiz, Carlos Alberto Garcete, principalmente quando se tratava do momento exato da colisão.

Diogo disse que não se lembra se o semáforo do cruzamento estava vermelho ou verde, e que acha que estava desatento na hora do acidente porque mexia com o celular na tentativa de colocá-lo para carregar. Ele afirmou que passou por outros semáforos antes do cruzamento com a rua Bahia, mas não se lembra se estavam abertos ou fechados para ele.

Na madrugada do dia 11 de fevereiro, Diogo conta que saiu da Valley por volta das 2h30, virou na avenida Afonso Pena na altura da rua Goiás, e seguiu no sentido Centro. No bar, ele confessou que bebeu dois copos de vodca e aproximadamente 5 long necks de cerveja, mas não se recorda bem da quantidade.

Defesa – Foram ouvidas na audiência de hoje mais quatro testemunhas de defesa. As duas primeiras pessoas que foram ouvidas são amigas da família e afirmaram que conhecem Diogo desde criança. Ambas as testemunhas não apontaram qualquer fato que pudesse desabonar a conduta do réu.

A outra testemunha foi um estagiário de direito e também amigo da família de Diogo, que acompanha o caso desde o começo. Ele disse que a família da vítima que morreu foi indenizada em mais de R$ 100 mil, que a família do taxista também está recebendo auxílio e que a família do terceiro passageiro do táxi também recebeu indenização.

A última testemunha de defesa foi a passageira de outro táxi, que estava no local no momento do acidente. Em depoimento breve, ela disse apenas que Diogo prestou socorro às vítimas e que pediu ajuda a ela para chamar a ambulância.

Com a audiência de hoje, encerram-se os depoimentos de testemunhas. Agora, o juiz aguarda mais o laude de corpo de delito do motorista do táxi e uma foto feita pela perícia que foi solicitada pela defesa do réu, que serão anexados ao processo nas alegações finais.

Vida que segue – Segundo o advogado do acusado, Rene Siufi, Diogo está trabalhando na fazenda durante a semana e aos finais de semana vem para Campo Grande, onde fica recluso em casa das 20h às 6h do dia seguinte, como determina a lei.

O réu também foi proibido de dirigir, por isso, ainda segundo o advogado, uma pessoa da família ou amigos o levam até a fazendo quando necessário. Diogo não falou com a imprensa.

O advogado afirma que Diogo ainda está bastante abalado com o acidente. Durante o depoimento das testemunhas de defesa, ele se emocionou e chorou em alguns momentos.

O caso - Diogo Machado foi preso em flagrante e solto dois meses depois. Ele pagou fiança de R$ 101.700. Conforme o juiz da 1ª Vara do Tribunal do Júri de Campo Grande, Carlos Alberto Garcete, que concedeu a liberdade provisória, a quantia de 150 salários mínimos é para resguardar o pagamento de indenização às vítimas em caso de condenação. Um salário equivale a R$ 678.

O administrador de fazenda também vai pagar pensão temporária mensal de R$ 3 mil para os dois sobreviventes. O magistrado ainda determinou que ele tenha a CNH (Carteira Nacional de Habilitação) suspensa até o fim do processo. O documento deve ser entregue ao Detran/MS (Departamento Estadual de Trânsito).

Passageiro do táxi, José Pedro Alves da Silva Júnior, de 22 anos, morreu na hora. O amigo dele, Ramon Rudney Tenório Souza e Silva, de 21 anos, e o taxista Sebastião Mendes da Rocha, de 51 anos, ficaram feridos. Ambos já receberam alta.



E SE FOSSE AO CONTRÁRIO??????????????????????????????????? A FAMÍLIA DELE ESTARIA CHORANDO.
 
Cibele Maria Franco Araújo em 19/06/2013 13:28:28
PARABÉNS SÍUFI, ESPERO QUE UM DIA EM MINHAS CAUSAS, COM MEU MODESTO SOBRENOME VILELA, TENHA ÊXITO EM MINHAS DEFESAS E QUE CLIENTES NÃO NECESSITEM DE ADVOGADOS SÓ DE UMA FAMÍLIA PARA DECISÕES FAVORÁVEIS.
DEUS CONFORTE AS FAMÍLIAS.
 
NEI VILELA em 19/06/2013 12:24:43
É por essas e outras Injustiças que o povo Brasileiros está nas Ruas Protestando. Muita Injustiça ! O Assassino está de Boa enquanto as familias estao sofrendo com a perda de uma pessoa da familia.
 
Gildo Cordeiro em 19/06/2013 11:50:33
A outra vítima AINDA NÃO foi indenizada. Estão querendo pagar uma merreca que não vai garantir qualquer tratamento de saúde pelo resto da vida, pois teve um órgão estirpado.
 
Marianne Leiria em 19/06/2013 11:48:16
E ainda não larga da porcaria desse CELULAR.
 
DIVA TOMAZ em 19/06/2013 10:32:53
Que legal! O cara bebe, é constatado teste de alcoolemia de 0,59 mg/L, e engasgou ao responder aos questionamentos do juiz... Só faltou o "representante da lei" dar-lhe um tapinha nas costas e dizer: - Calma rapaz! Fica tranquilo, não vai dar nada pra você ; )
 
Rodrigo Alves em 19/06/2013 10:32:24
Somente Deus pode te perdoar, que está fatalidade venha pelo menos fazer com que você tem consciência do que fez com sua irresponsabilidade, achando que tudo acaba bem só por que pagou uma indenização aos familiares das vitimas existe coisas que o dinheiro não paga "consciência tranquila"....
 
Rosimeire Dos Santos Leal em 19/06/2013 10:13:24
Existem , até onde eu sei, dois tipos de arrependimentos
1° pelo mau ( roubar , matar, mentir, lesar, prejudicar, etc.. ) que fiz a alguém, me doí o prejuízo que causei ao meu próximo ( isso é cada vez mais raro )
2° pelo mau , prejuízo que causei a mim pelo fato de ter prejudicado alguém. Mas neste caso só enxergo a mim. O outro que se dane !!! ( este é o que maioria sente ). Ex : Atropelei alguém e matei e agora terei que responder um processo !!
 
Carlos alberto em 19/06/2013 09:58:45
Todos os comentários ficaram ótimos!! É revoltante tudo isso... nossas leis só beneficiam corruptos, marginais...os cidadãos de bem só se lascam!!
 
Jane Cintra em 19/06/2013 09:54:48
Ele vai ser solto, olha o sobrenome do advogado dele !!! Assim fica tudo mais fácil !!!
E com esse judiciário do nosso estado então !!!!

 
Carlos Alberto em 19/06/2013 09:51:15
A desatenção foi em relação a quantidade de bebida ingerida. A desatenção foi ao cumprimento da lei que existe. A desatenção foi a causa.
 
Adriano Magahães em 19/06/2013 09:11:12
Tinham que divulgar nas redes sociais as fotos dele rindo enquanto aguarda julgamento!
 
Alex Moraes em 19/06/2013 08:18:44
olha cara de preocupação dele ate sorrindo... já sabe que nada vai acontecer, já conhece a justiça brasileira, ele ai de boa e a família chorando a perda entes queridos, lamentável, hoje em dia pessoas matam e parece que nem preocupam parece tao normal tirar vidas, em que mundo estamos ? triste
 
Rosilene leonel em 19/06/2013 08:16:07
Bêbado agora é desatento ???!!! ... pelo amor de Deus né.. esse cara deveria estar preso e não destruindo famílias por ai com seu "desatento".
 
Francielly Rodrigues em 19/06/2013 08:11:30
E MAIS UM MOTIVO PARA PROTESTAR , A JUSTIÇA DO MS !!
 
ricardo momm em 19/06/2013 08:09:57
puts é o fim do mundo mesmo um filhinho de papai desses mata um e fica ai rindo ainda
devia estar preocupado, mas olha a a cara de preocupado dele certo da impunidade``para quem tem dinheiro´´
brasil!!!!!!
 
adriano xavier em 18/06/2013 23:58:18
ELE NÃO TA PREOCUPADO É SO VE A CARA DELE.
BEBEU E TAVA DIRIGINDO, ELE SABE QUE NAO PODE
TAVA USANDO O CELULAR ENQUANTO DIRIGIA, ELE SABE QUE NAO PODE
ATRAVESSOU VARIOS SEMAFOROS E NEM VIU A COR
CAUSOU UM ACIDENTE COM MORTE

CADEIA NELE ELE É CULPADO E NAO PODE SAIR IMPUNE
COMETEU UM ASSASSINATO
TUDO ISSO POR QUE ACHA QUE NUNCA VAI ACONTECER NADA

É A IMPUNIDADE QUE FAZ ISSO
PARABENS DIOGO MACHADO
PARABENS
VIVA COM ISSO O RESTO DE SUA VIDA
 
JULIO JUNIOR em 18/06/2013 23:00:27
ha ha, olha cara de preocupado dele!
 
Marcos Santos em 18/06/2013 22:54:30
Pelo jeito esse rapaz estava bem desatento mesmo; não se lembra como estava o semáforo, mexia em celular pra carregar com o carro em movimento (?!). Normal, aqui em CG tem muitos assim, só aceleram deixam o carro correr; igual na fazenda em pleno campo. Aliás aqui é tão estranho, algumas pessoas acham o fim da picada possuir um carro; bizarro.
 
Valter Castilho em 18/06/2013 22:34:00
Esse Sr. Diego Machado tem a maior CARA DE PAU de falar que estava desatento! Só pode ser brincadeira! Cade a direção defensiva?
O mais difícil é que o Sr. Diego está levando a vida normalmente, enquanto a pessoa que ele matou encerou SEUS SONHOS, DESEJOS, CASAMENTO, FILHOS, UM LAR PRA MORAR, UMA VIDA MELHOR PRA FAMÍLIA , UMA FILHA QUE ELE IRIA VER CASAR,NETOS, ETC... DENTRO DE UMA SEPULTURA! GRAÇAS A SUA DESATENÇÃO!! E LOGO VOCÊ ESTARÁ DIRIGINDO SUA CAMINHONETE!
AFINAL ESTAMOS NO BRASIL!!!!!!!!
 
otavio moreira em 18/06/2013 22:31:13
Estava desatento... porque será que a legislação proíbe o consumo de álcool pelo motorista? Exatamente por isso, Sr. Diogo. Sua desatenção custou a vida de um jovem (que indenização alguma vai pagar)! Um rapaz de 36 anos que se comporta como um moleque!
 
Marcos Pereira em 18/06/2013 21:31:35
Se o juiz não der uma pena de homicídio ao mesmo, estará indo contra a justiça e deve ser exonerado de seu cargo por incompetência! O mesmo foi submetido ao teste alcoólico que acusou estar bem acima do permitido por "lei", praticou várias infrações de trânsito (deu cavalo-de-pau em frente a boate, estava acima da velocidade permitida e furou sinais) e tem varias testemunhas do ocorrido (desde pessoas que o viram bebendo na boate, pessoas saindo da mesma e os taxistas do ponto perto do local). Este rapaz deve ter sua CNH suspensa permanentemente, já que cometeu vários crimes de só vez mostrando que não obedece e nunca irá obedecer as leis. Enquanto familiares das vítimas choram o mesmo aparece na foto sorrindo como se o que fez fosse algo natural e correto!
 
Alexandre de Souza em 18/06/2013 21:02:48
TA BEM PREOCUPADO NÉ, DANDO RISADAS! POR ISSO QUE TEREMOS MANIFESTAÇÕES AQUI TAMBÉM !
 
emerson souza em 18/06/2013 20:00:20
Isso... olha a foto... ele rindo....
Enquanto isso uma família chora.. e um riso não existe mais no rosto de um ex-taxista trabalhador...
Que lei é essa? Que justiça é essa?
Depois o povo sai às ruas e o governo diz que 'ainda não sabe o por quê'...
 
alvaro campos em 18/06/2013 19:49:48
não, não estava embriagado era minha vó no além que estava até o ouvido...
 
Marcelo Mendes em 18/06/2013 19:28:39
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions