A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

27/03/2014 09:22

Em rede nacional, vítima de cárcere por 22 anos diz que perdeu o medo

Graziela Rezende
Cira em entrevista ao programa Mais Você. Foto: Paulo FrancisCira em entrevista ao programa Mais Você. Foto: Paulo Francis

“Eu tinha muito medo, agora não tenho mais”. A afirmação de Cira da Silva, 44 anos, em rede nacional na manhã desta quinta-feira (27), demonstra a sua mudança pouco mais de três meses após a Polícia descobrir que ela viveu em cárcere privado por 22 anos, no bairro Aero Rancho, região Sul da Capital. A vítima, que inclusive conversou com o Campo Grande News, contou também a história para a apresentadora Ana Maria Braga, do Programa Mais Você, da TV Globo.

“Não saía de casa por conta do medo mesmo. Ele (o pedreiro Ângelo da Guarda Borges, 58 anos) dizia que iria atrás de mim de qualquer jeito, por conta das crianças. Em outros momentos, ainda falava que compraria uma arma para matar toda a nossa família, incluindo quem estivesse comigo. Eu tinha muito medo, agora não tenho mais”, disse a vítima do cárcere.

Entre uma conversa e outra, que também contou com a presença da delegada Rosely Molina, titular da Deam (Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher), a emissora mostrou fotos do local onde a família morava. Sem pia, as louças ficavam espalhadas em um tanque. Um buraco foi cavado para servir de banheiro e um quadrado foi construído para as crianças tomarem banho.

Após a prisão de Ângelo, Cira teve a oportunidade de rever as irmãs, os pais e ainda apresentar os quatro filhos que ninguém conhecia.

Quando questionada sobre o comportamento do ex-marido, Cira relembrou de mais agressões. “São coisas que lembrei recentemente e que nem tive tempo de contar para a Polícia. Teve uma ocasião em que estava frio e ele chegou com um litro de pinga na mão em casa. Aliás, ele bebia muita pinga. Então achou que eu não tinha esquentado a água para ele, mas quando viu o caldeirão jogou em minha direção. Por pouco não fui atingida pela água quente”, comentou Cira.

Vida nova - Recentemente, a dona de casa disse que estava contente com a mudança de vida e fez planos de voltar a trabalhar e até estudar. Os filhos permanecem com ela.

Já o servente de pedreiro Ângelo da Guarda Borges, 58 anos, está preso desde 18 de dezembro do ano passado.

Cira disse à apresentadora que já perdeu o medo que sentia antes. Foto: Paulo FrancisCira disse à apresentadora que já perdeu o medo que sentia antes. Foto: Paulo Francis
Delegada que acompanhou as investigações também esteve no programa. Foto: Paulo FrancisDelegada que acompanhou as investigações também esteve no programa. Foto: Paulo Francis


O que está mal contado Antonio Goncalves da Silva?
 
Itamar Barbosa de Almeida Junior em 27/03/2014 11:43:42
* ate hoje nao acredito nessa historia .... caso bem mau contado ,
 
antonio gonçalves da silva em 27/03/2014 10:29:41
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions