A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

22/06/2016 12:46

Em seis meses, sete agências dos correios foram alvos de bandidos

Fernanda Mathias e Viviane Oliveira
Último caso foi na segunda-feira, quando agência da rua Ceará foi arrombada (Foto: Fernando Antunes)Último caso foi na segunda-feira, quando agência da rua Ceará foi arrombada (Foto: Fernando Antunes)

As agências dos Correios se tornaram um dos principais alvos de criminosos no Estado. Somente neste ano foram quatro roubos em agências do interior e três furtos em Campo Grande, segundo a assessoria de imprensa da ECT (Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos). O caso mais recente ocorreu na última segunda-feira, 20, em unidade da rua Ceará, mas o registro do boletim de ocorrência foi feito somente ontem.

Ainda de acordo com a ECT, as ocorrências deste ano já representam mais que o dobro de todo o ano passado, quando foram registrados dois arrombamentos em agências do interior e um na Capital. “Os Correios investem em medidas de segurança como contratação de vigilantes e aquisição de sistemas de alarme para agências, entre outros. O investimento visa atender, sobretudo, a segurança dos trabalhadores e dos clientes”, informa nota.

Segundo o gerente de Segurança Empresarial, Márcio Nei Moreira, nas quatro ocorrências de assalto deste ano, a forma de atuação dos criminosos foi a mesma e, inclusive, houve reconhecimento dos suspeitos por testemunhas de outras localidades onde também ocorreram roubos. “Essas informações já estão de posse das polícias que estão atuando nos casos”.

Além disso, os Correios informam que mantêm parcerias com órgãos estaduais e municipais de segurança e firmaram com a Polícia Federal acordo de cooperação técnica para a implantação de ações integradas para prevenção e repressão de roubos a agências em todo Brasil . “A PF tem realizado diversas operações com o objetivo de prender quadrilhas responsáveis por assaltos a agências dos Correios”.

Caso recente – O último caso de arrombamento foi na manhã de segunda-feira, 20, na agência da rua Ceará. Assim que chegou ao local, a gerente, de 36 anos, notou que objetos tinha sido furtados e sentiu forte cheiro de queimado.

A caixa de senha da entrada a caixa de disjuntores estava aberta e os arrombadores teriam entrado por meio de um imóvel que fica ao lado da empresa, onde fizeram um grande buraco na parede. Os criminosos também arrebentaram a porta de aço de acesso ao cofre e furtaram R$10 mil, além de levarem as câmeras de segurança.

 



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions