A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

30/09/2015 11:40

Empresa do PR oferece menor valor para duplicar trecho de avenida

Aline dos Santos
Acesso à universidade, Euler de Azevedo será revitalizada (Foto: Fernando Antunes)Acesso à universidade, Euler de Azevedo será revitalizada (Foto: Fernando Antunes)

Uma empresa do Paraná ofereceu a menor proposta nas duas concorrências para revitalizar e duplicar 4,5 quilômetros da avenida Euler de Azevedo, que dá acesso à nova sede da UEMS (Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul) em Campo Grande. A entrega das propostas de preços foi na manhã desta quarta-feira na Seinfra (Secretaria Estadual de Infraestrutura).

A Weiller Construção Civil, sediada em Maringá, propôs valor de R$ 8,4 milhões no edital 041, que prevê intervenções em 2,5 quilômetros no trecho entre a avenida Presidente Vargas e anel rodoviário. A concorrência é para adequação da capacidade de tráfego na Euler de Azevedo. O teto da licitação era de R$ 8,9 milhões. Outras seis empresas também apresentaram propostas: Anfer, São Luiz, Equipe, J.Gabriel, Pactual e CGR.

Na concorrência 042/2015, a Weiller apresentou proposta de R$ 6.027.171,04. O valor máximo definido pelo governo era de R$ 6.431.827,80. Ao todo, nove empresas disputam a licitação para obras em dois quilômetros: Encopav, Pactual, Alvorada, CGR, Weiller, São Luiz, Equipe, Anfer, e J.Gabriel.

A revitalização inclui ciclovia, drenagem, recapeamento e pavimentação de vias. De acordo com a Agesul (Agência Estadual de Gestão de Empreendimentos), as propostas ainda serão analisadas e o resultado publicado no Diário Oficial do Estado. Ou seja, ainda não foi definido as vencedoras das concorrências.

Caso prevaleça os valores de quem ofereceu meno preço, o custo será de R$ 14,4 milhões. O valor máximo era de R$ 15,3 milhões.

Brinquedos feitos por detentos são doados para crianças em escola
Parceria feita entre a a Semed (Secretaria Municipal de Educação) e a Agepen (Agência Estadual de Administração do Sistema Penitenciário) garantiu ne...
Falta de pagamento faz prefeitura suspender hemogramas na rede pública
A falta de pagamento para um fornecedor de insumos fez com que a prefeitura de Campo Grande suspendesse a partir desta quarta-feira (13) a realização...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions