ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
MARÇO, SÁBADO  02    CAMPO GRANDE 28º

Capital

Equipes sem receber após fim de contrato de 'tapa-buracos' protestam nesta terça

Nyelder Rodrigues | 19/12/2016 22:22

Trabalhadores que tinham vínculo com a Selco Engenharia e realizavam serviços para a prefeitura de Campo Grande em operações tapa-buracos farão um protesto na manhã desta terça-feira (20) em frente à Seintrha (Secretaria Municipal de Infraestrutura, Transporte e Habitação).

Eles foram dispensados há mais de um mês e afirmam estar sem receber salários e verbas rescisórias que não foram acertadas pela Selco. Donos de caminhões e demais veículos que eram locados pela empreiteira também estão sem receber.

De acordo com o Sinticop-MS (Sindicato dos Trabalhadores na Construção Pesada de Mato Grosso do Sul), cerca de 100 trabalhadores devem ir à Seintrha, que fica na avenida Gury Marques, quase esquina com a avenida Guaicurus, às 7h30.

"A empresa alega que não recebeu o repasse da prefeitura no valor de R$ 2 milhões. Sem a baixa na carteira, os trabalhadores não conseguem arrumar outro emprego, alguns estão passando fome", afirma o presidente do Sinticop-MS, Walter Vieira dos Santos.

Outros 80 trabalhadores de quatro empresas que fazem o serviço de tapa-buraco na Capital começaram a receber nesta segunda-feira (19) os salários de novembro, que deveriam ter sido pagos no início deste mês, segundo o Sinticop. Com isso, eles irão voltar ao trabalho assim que o material para tal for recebido.

Nos siga no Google Notícias