A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 17 de Agosto de 2018

19/12/2016 22:22

Equipes sem receber após fim de contrato de 'tapa-buracos' protestam nesta terça

Nyelder Rodrigues

Trabalhadores que tinham vínculo com a Selco Engenharia e realizavam serviços para a prefeitura de Campo Grande em operações tapa-buracos farão um protesto na manhã desta terça-feira (20) em frente à Seintrha (Secretaria Municipal de Infraestrutura, Transporte e Habitação).

Eles foram dispensados há mais de um mês e afirmam estar sem receber salários e verbas rescisórias que não foram acertadas pela Selco. Donos de caminhões e demais veículos que eram locados pela empreiteira também estão sem receber.

De acordo com o Sinticop-MS (Sindicato dos Trabalhadores na Construção Pesada de Mato Grosso do Sul), cerca de 100 trabalhadores devem ir à Seintrha, que fica na avenida Gury Marques, quase esquina com a avenida Guaicurus, às 7h30.

"A empresa alega que não recebeu o repasse da prefeitura no valor de R$ 2 milhões. Sem a baixa na carteira, os trabalhadores não conseguem arrumar outro emprego, alguns estão passando fome", afirma o presidente do Sinticop-MS, Walter Vieira dos Santos.

Outros 80 trabalhadores de quatro empresas que fazem o serviço de tapa-buraco na Capital começaram a receber nesta segunda-feira (19) os salários de novembro, que deveriam ter sido pagos no início deste mês, segundo o Sinticop. Com isso, eles irão voltar ao trabalho assim que o material para tal for recebido.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions