A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 20 de Setembro de 2017

07/08/2017 09:37

Esfaqueado no Manoel Taveira foi assassinado por enteado ao defender mãe

Vítima levou dez golpe de faca distribuídos na cabeça, tórax e braços; Caso foi registrado como homicídio simples

Yarima Mecchi

O suspeito de ter assassinado Claudinei Corrêa Mendes, de 39 anos, no bairro Manoel Taveira, na noite deste domingo (6), é o enteado dele de 23 anos. Segundo a Polícia Civil, os dois teriam começado a brigar porque José Carlos Gusmão de Oliveira foi defender sua mãe de possíveis agressões da vítima.

Conforme o Boletim de Ocorrência, a família tinha saído durante o dia e os dois ingeriram bebida alcoólica, ao chegar em casa Claudinei e a mulher começaram a brigar e ele empurrou a esposa. José interviu na briga e começou a lutar com a vítima das facadas.

Segundo registro policial, a mulher separou a briga dos dois e relatou que o filho foi para frente de casa armado com faca e machado atrás do padastro. Ela disse a polícia que só depois notou que José Carlos estava armado.

Claudinei e José começaram a brigar novamente na varanda de casa e continuaram na rua. De acordo com a polícia, José acertou dez golpes de faca no padastros. Atingindo a cabeça, o tórax e o braço da vítima.

Ainda de acordo com registro policial, a mãe do suspeito disse que morava há cinco anos com a vítima e sempre teve um relacionamento conturbado e de agressões. Ela relatou aos policiais que já tinha registrado Boletim de Ocorrência contra Claudinei.

O suspeito, José Carlos, disse que após esfaquear o padastro saiu correndo e foi até o bairro Centenário. A arma do crime, segundo registro policial, foi jogada no rio Anhandui, no bairro Aero Rancho. O caso foi registrado na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) do bairro Piratininga como homicídio simples.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions