A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

25/06/2013 20:23

Estado aumenta casos confirmados de gripe Influenza do tipo H3N2

Evelyn Souza

Campo Grande já registra duas mortes causadas pela gripe H1N1 e outras quatro estão sendo investigadas. Segundo boletim epidemiológico divulgado nesta terça-feira (25) pela Secretaria Estadual de Saúde, 98 casos da doença foram notificados na Capital. Os números correspondem ao período de 1º de janeiro a até esta terça-feira (25).

Os números divulgados nesta terça-feira mostram ainda que dez casos de H1N1 foram confirmados em todo Estado. Quatro em Campo Grande, quatro em Sonora e outros dois em Bela Vista e Três Lagoas.

O boletim também revela aumento em casos de influenza do vírus H3N2. Dez foram confirmados em Mato Grosso do Sul, cinco só em Campo Grande, quatro em Sidrolândia e um em Maracaju.

Em relação às notificações, depois de Campo Grande, Sidrolândia aparece com 23 casos confirmados de H1N1, seguida de Três Lagoas, que já registra 18 casos.

A Secretaria de saúde também investiga a morte de Aldemir Pires Tosati, de 46 anos, que faleceu no último dia 13,  em Nova Andradina. Ele estava internado desde o dia 9 deste mês no Hospital Regional da cidade. A vítima deu entrada com quadro de tosse, febre e dor de garganta.

Segundo a Vigilância Epidemiológica de Nova Andradina, três dias depois o quadro clínico piorou e ele passou a sofrer com falta de ar. O órgão ligado à Secretaria Municipal de Saúde foi acionado para fazer a coleta do material e encaminhar ao Lacen (Laboratório Central do Estado) e ele já foi submetido ao tratamento com a medicação específica para H1N1, o Tamiflu.

No dia 13 o estado de saúde agravou e ele estava sendo transferido para o Hospital da Vida em Dourados quando morreu no caminho.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions