A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 21 de Janeiro de 2018

09/09/2016 13:39

Estilista encontrado de cueca foi esganado até a morte, aponta laudo

Guilherme Henri
Estilista Altivane Ramos Borges, 54 anos (Foto: Divulgação/ Facebook)Estilista Altivane Ramos Borges, 54 anos (Foto: Divulgação/ Facebook)

Laudo do IMOL (Instituto de Medicina e Odontologia) aponta que o estilista Altivane Ramos Borges, 54 anos foi esganado até a morte. A vítima foi encontrada de cueca e com lesões no pescoço, na terça-feira (6) em sua residência na Rua Patriarca, no bairro Taquarussu, em Campo Grande.

De acordo com o delegado que investiga o caso, João Reis Belo, da 5ª DP (Delegacia de Polícia), as investigações ainda estão no início, porém a polícia já tem uma linha de investigação. “Trabalhos com a hipótese de que o crime tenha sido cometido por alguém conhecido considerando que a vítima convidou essa pessoa a entrar em sua residência. Não descartamos nenhuma possibilidade, porém a mais remota é de que se trate de um latrocínio – roubo seguido de morte – já que a carteira da vítima foi encontrada ainda com dinheiro na casa e o carro foi usado apenas para fuga, pois foi encontrado abandonado próximo a Sidrolândia – a 71 quilômetros da Capital”, revelou o delegado.

Familiares da vítima, como filho e irmã foram ouvidos, porém mais detalhes sobre o caso não foram informados pelo delegado para que as investigações não sejam prejudicadas.

A vítima foi encontrada de cueca e com lesões no pescoço (Foto: Divulgação/ Facebook)A vítima foi encontrada de cueca e com lesões no pescoço (Foto: Divulgação/ Facebook)

Morte – o corpo foi encontrado por policiais rodoviários federais após o veículo da vítima, um Uno, de cor azul ser achado abandonado as margens da BR-060, no quilômetro 370.

Pelas placas do veículo os policiais encontraram o endereço da vítima e como não foram recebidos no local, quando chamaram a equipe decidiu entrar na casa.

Vizinhos relataram que a vítima foi vista pela última vez no domingo (4), quando foi até uma conveniência, comprou algumas latas de cerveja e na companhia de alguém ainda não identificado estacionou o veículo em frente a sua casa.

Porém, os moradores não souberam informar o momento em que o veículo deixou o local que estava estacionando e nem quem o conduzia.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions