ACOMPANHE-NOS    
NOVEMBRO, SEGUNDA  29    CAMPO GRANDE 23º

Capital

Ex-deputado, coronel Ivan é preso por extorsão

Ele foi preso em casa, depois de denúncia de vítimas de ações. Mais três pessoas também foram detidas

Por Marta Ferreira e Ana Beatriz Rodrigues | 26/05/2021 13:05



O ex-deputado estadual José Ivan de Almeida, 66 anos, que também já comandou a Polícia Militar em Mato Grosso do Sul, foi preso nesta manhã, na casa dele, em operação contra crimes de extorsão. O trabalho é do Gaeco (Grupo de Atuação Especial e Combate ao Crime Organizado) e do Garras (Delegacia Especializada de Repressão a Roubo a Banco, Assaltos e Sequestros).

Equipe policial deixa prédio onde José Ivan mora depois de buscas. (Foto: Henrique Kawaminami)
Equipe policial deixa prédio onde José Ivan mora depois de buscas. (Foto: Henrique Kawaminami)

Segundo a reportagem apurou, mais duas pessoas foram presas junto com José Ivan. A investigação começou a partir da denúncia de vítimas que estavam sendo extorquidas pelo grupo, que formaria o “braço armado” de grupo dedicado a cobrança violenta por dívidas ou acertos de contas.

Depois da prisão, as equipes foram ao apartamento de José Ivan no Bairro Santa Fé para fazer buscas no local. 

Pelo menos um oficial da Polícia Militar acompanha a ação.

Outras suspeitas - Ivan é alvo de ação por acusação de enriquecimento ilícito, no mesmo processo em que figura  o ex-major Sérgio Roberto de Carvalho, hoje considerado um dos maiores traficantes da Europa, que está sumido.

O oficial da reserva também foi apontado como envolvido com a máfia dos caça-níqueis, em 2007.

José Ivan de Almeida, de costas na porta de entrada do Garras, acompanhado por oficial. (Foto: Mariana Rodrigues)
José Ivan de Almeida, de costas na porta de entrada do Garras, acompanhado por oficial. (Foto: Mariana Rodrigues)


(Matéria editada às 16h24 para atualizar informações)



Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário