ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
JUNHO, SEXTA  14    CAMPO GRANDE 31º

Capital

Farejadora reconhecida, Meg morre aos 14 anos

Após importantes apreensões, a labradora PRF se aposentou em 2015

Por Kamila Alcântara | 24/04/2024 18:31
Meg durante apreensão de drogas em um ônibus (Foto: divulgação PRF)
Meg durante apreensão de drogas em um ônibus (Foto: divulgação PRF)

A PRF também perdeu uma colaboradora canina. A cadela Meg faleceu no domingo (21), com 14 anos. Lembrada por tirar muitas drogas de circulação, "dona de um olfato apurado e de um comportamento enérgico", Meg era famosa na Polícia Rodoviária Federal.

Ela participou de ocorrências importantes na PRF, entre elas, a apreensão de cocaína negra em Campo Grande, tipo raríssimo da droga. O caso foi em janeiro de 2015 e, graças ao seu olfato, a droga foi encontrada mesmo estando diluída em material plástico. Só nesse trabalho, a labradora preta evitou que a droga fosse enviada para a Europa.

Meg ajudou no combate ao tráfico não só em Mato Grosso do Sul! Em 2014, durante a Copa do Mundo do Brasil, atuou na apreensão de cocaína no Rio Grande do Sul.

Após a aposentadoria, em 2015, o PRF Josemar foi quem a recebeu em casa, onde Meg pode desfrutar a merecida aposentadoria. Foi ao lado deles que, por complicações de saúde, ela se despediu.

Patente canina - K9 é o cachorro policial adestrado especialmente para emprego em operações policiais. Labrador, pastor alemão, rottweiler e pastor belga são algumas das raças mais utilizadas pela polícia, destacando características valiosas que vão além da grandiosa sensibilidade olfativa canina.

Receba as principais notícias do Estado pelo Whats. Clique aqui para acessar o canal do Campo Grande News e siga nossas redes sociais.



Nos siga no Google Notícias