A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

09/02/2015 12:11

Feirante é preso acusado de estuprar neta de 9 anos por oito meses

Flávia Lima e Renan Nucci
Delegado Sérgio Laureto, titular da DPCA vai interrogar o feirante logo mais à tarde. (Foto:Marcelo Calazans)Delegado Sérgio Laureto, titular da DPCA vai interrogar o feirante logo mais à tarde. (Foto:Marcelo Calazans)

Um feirante de 58 anos foi preso na manhã desta segunda-feira (9) por policiais da DPCA (Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente), acusado de estuprar a própria neta, de apenas nove anos.

De acordo com a família da criança, o ato aconteceu na tarde de ontem, mas segundo o delegado Sérgio Lauretto, titular da DPCA, durante uma conversa informal, o feirante, que é avô paterno da garota, confessou que abusava da menina já há oito meses.

Ainda de acordo com o delegado, a mãe e a tia da menina, que moram na região do Jardim Novos Estados, contaram que levaram a criança na Santa Casa na noite deste domingo após ela reclamar de fortes dores no órgão genital.

Ao chegarem no hospital, a menina teria relatado o estupro à mãe, que avisou o serviço de Assistência Social da Santa Casa. O hospital avisou a polícia, que prendeu o feirante na manhã desta segunda-feira. Ele será interrogado hoje à tarde. A polícia não divulgou o nome do acusado para não identificar a vítima.



É por essa, e muitas outras barbaridades que a gente vê diariamente acontecendo, que eu me pergunto constantemente, porque no Brasil não existe a pena de morte. Velho nojento, asqueiroso.
 
Mariana Carvalho em 09/02/2015 16:44:32
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions