ACOMPANHE-NOS    
JULHO, SEXTA  23    CAMPO GRANDE 28º

Capital

Feriadão antecipado surtiu efeito no número de internações, garante secretário

Segundo o titular da pasta, diminuiu a procura por internações derivadas de acidentes de transito e violência

Por Jhefferson Gamarra e Bruna Marques | 27/03/2021 10:45
Secretário de saúde, José Mauro Filho em um dos pontos de vacinação de Campo Grande (Foto: Henrique Kawaminami)
Secretário de saúde, José Mauro Filho em um dos pontos de vacinação de Campo Grande (Foto: Henrique Kawaminami)

As medidas restritivas combinadas com o "feriadão" antecipado nesta semana surtiu efeito no número de ocupação de leitos em Campo Grande. Na manhã de hoje (27), o Secretário Municipal de Saúde, José Mauro Filho, informou ao Campo Grande News que houve uma queda na procura por internação principalmente em casos de acidentes de trânsito e violência.

“Os números mostram a diminuição de traumas, conseguimos colocar pacientes em hospitais ocupando outros espaços, como áreas amarelas e áreas vermelhas. Isso só foi possível devido as medidas restritivas, pacientes acidentados e vítimas de violência não chegaram nos hospitais”, disse o secretário.

Ainda de acordo com José Mauro, o número de pacientes internado em UPA’s caiu quase pela metade durante o período de restrições. “De uma semana pra cá, com as medidas restritivas, houve um número menor de pessoas aguardando leitos, principalmente pacientes intubados, chegou a ter 27. No último relatório, emitido ontem, haviam 12 pessoas aguardando leitos em UPA’s”, informou.

Apesar de os dados informados pelo titular da pasta, a Sesau (Secretaria Municipal de Saúde) informou um quadro diferente. Segundo levantamento, até ontem (26) haviam 45 pacientes internados com suspeita de covid internados em unidade de saúde da capital.

Com mais 23 mortes confirmadas na sexta-feira (26), Campo Grande atingiu a marca de 1.787 vidas perdidas para a covid-19, desde o início da pandemia.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário