A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

25/09/2015 16:00

Frente fria causa rajadas de vento, queda de árvores e granizo na Capital

Edivaldo Bitencourt, Michel Faustino, Alan Diógenes, Adriano Fernandes e Juliana Brum
Árvore caiu sobre carro em movimento e deixou casal preso por alguns minutos (Foto: Fernando Antunes)Árvore caiu sobre carro em movimento e deixou casal preso por alguns minutos (Foto: Fernando Antunes)
Bombeiro retira árvore que caiu sobre veículo (Foto: Fernando Antunes)Bombeiro retira árvore que caiu sobre veículo (Foto: Fernando Antunes)

A chegada de uma frente fria causou temporal em alguns bairros de Campo Grande e no interior de Mato Grosso do Sul. Na Capital, as rajadas de vento de até 43,2 quilômetros por hora causaram queda de três árvores. Em vários bairros, moradores relataram a queda de granizo.

Segundo o Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia), a chegada da frente fria derrubou as temperaturas de 35,3ºC para 28,7ºC em Campo Grande. O vento causou a queda de um coqueiro sobre uma motocicleta no campus da UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul).

Na Rua Ipitanga, no Bairro Mata do Jacinto, uma árvore caiu sobre a fiação e assustou os moradores. O Corpo de Bombeiros e a Energisa foram até o local para atender a ocorrência.

Na região também houve queda de granizo. Segundo o estudante André Luiz Rocha, 21 anos, a chuva com granizo demorou de 10 a 20 minutos.

A aposentada Catarina Cota Moral, 76, contou que as pedras de gelo eram do tamanho de azeitona. No entanto, ela ficou assustada mesmo foi com o vendaval. “Ventou muito forte”, contou a moradora da Rua Olímpio Klaske, no Bairro Mata do Jacinto.

Bombeiros e funcionários da Energisa retiram árvore que caiu sobre a fiação (Foto: Fernando Antunes)Bombeiros e funcionários da Energisa retiram árvore que caiu sobre a fiação (Foto: Fernando Antunes)
Coqueiro de seis metros caiu sobre moto na UFMS (Foto: Marcos Ermínio)Coqueiro de seis metros caiu sobre moto na UFMS (Foto: Marcos Ermínio)

Vendedor do título de capitalização, Manoel Ferreira dos Santos, 65, também ficou assustado com a força do vento. Ele contou que as rajadas eram fortes e ele se abrigou dentro do carro com medo do temporal.

Também houve queda de granizo nos bairros Marli e Anache. Funcionários da UCDB (Universidade Católica Dom Bosco) até gravaram um vídeo no momento da queda do granizo.

O casal de empresários Anderson Aoki, 28, e Cristiane Aoki, 39, foi surpreendido com a queda de uma árvore na Rua Jamil Basmache, na Mata do Jacinto. Eles seguiam em um Corolla, de cor branca, momento em que a árvore caiu sobre o veículo.

A Cristiane contou que estava com medo e viraram à esquerda Jamil Basmache, logo que eles viraram, a árvore caiu e cobriu todo o carro. O incidente não machucou, mas o casal ficou com medo de sair e tomar choque.

A sorte foi que um vizinho disse que não tinha fio e dava pra eles saírem. O carro tem seguro. “Ainda bem que o dano foi material e nós estamos bem”, afirmou Cristiane.

Segundo a Coordenadoria Municipal da Defesa Civil, choveu 4,7 milímetros no Jardim Cabreúva, enquanto nas demais regiões não superou 1,25 mm. A previsão é de que chuva ocorra com mais frequência a partir de segunda-feira. Amanhã e domingo, a Capital deve ter chuvas isoladas.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions