A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

17/08/2015 10:00

Garota de programa planejou crime contra idoso de olho em R$ 12 mil

Flávia Lima e Luana Rodrigues
Trio acusado de matar idoso foi apresentado pela Derf. (Foto:Marcos Ermínio)Trio acusado de matar idoso foi apresentado pela Derf. (Foto:Marcos Ermínio)
Delegado Carlos Delano concluiu investigação sobre crime brutal em 12 dias (Foto: Marcos Ermínio)Delegado Carlos Delano concluiu investigação sobre crime brutal em 12 dias (Foto: Marcos Ermínio)

A polícia apresentou, nesta segunda-feira (17), o trio acusado de matar Dario Marcelino Morel, 82, assassinado brutalmente no último dia 5, em sua casa, no Jardim Caiçara, na Capital.

Estão presos pelo crime, a garota de programa Edneia Paula de Almeida, 37, o motorista André Vilela Leal, 49 e o servente de pedreiro Gênesis Lucas Godoy Ribeiro, 19.

De acordo com o delegado da Derf (Delegacia Especializada em Roubos e Furtos), Carlos Delano, Edneia relatou a polícia que viu o idoso contanto uma grande quantia em dinheiro, em uma das visitas frequentes que fazia a ele.

A partir desse dia, ela planejou um assalto a residência e convidou André Vilela e Gênesis Lucas para praticarem o crime. No dia do assalto, a garota de programa foi a casa do idoso e quando saiu, sinalizou para a dupla entrar.

Quando os dois bandidos pulavam o muro, Dario percebeu a movimentação e pegou um canivete para se defender. A dupla amarrou o idoso na cama enquanto procurava o dinheiro. Segundo relataram a polícia, os dois esperavam encontrar entre R$ 8 mil e R$ 12 mil na casa, conforme relato de Edinéia.

Como o idoso começou a gritar por socorro, acabou sendo ferido com golpes de canivete, desferidos por André. Em seu depoimento, o motorista negou que tenha entrado na casa, mas sua versão foi desmentida por Gênesis. Como não localizaram o dinheiro, os bandidos fugiram sem roubar nada. Antes, porém, com raiva por não terem encontrado nenhum valor, Gênesis desferiu outros golpes com um canivete levado pela própria dupla.

Ao todo o idoso recebeu 20 golpes de canivete na região do abdome. À polícia, Edneia confirmou o planejamento do assalto, mas disse que o crime não fazia parte do plano.

De acordo com o relatado à polícia, o idoso guardava R$ 2 mil em casa. Após o crime, André Vilela, que era do regime semi-aberto, fugiu para Dourados. Ele chegou a retornar para a Capital, onde retomou sua rotina no regime semi-aberto, mas acabou sendo preso pelos policiais da Derf, na quinta-feira (13).

Já Edneia foi encontrada na casa de um namorado, em Três Lagoas, na madrugada de sexta-feira (14) e Gênesis foi preso em Água Clara, na casa de familiares, na tarde de sexta. Ele disse para a família que estava procurando emprego.

O delegado explicou que os três irão responder pelo crime de latrocínio, roubo seguido de morte. “A Edneia também vai responder pelo mesmo crime porque passou informações importantes ao André e ao Gênesis”, ressalta.

Garota de programa viu dinheiro e planejou crime contra idoso (Foto: Marcos Ermínio)Garota de programa viu dinheiro e planejou crime contra idoso (Foto: Marcos Ermínio)
Brinquedos feitos por detentos são doados para crianças em escola
Parceria feita entre a a Semed (Secretaria Municipal de Educação) e a Agepen (Agência Estadual de Administração do Sistema Penitenciário) garantiu ne...
Falta de pagamento faz prefeitura suspender hemogramas na rede pública
A falta de pagamento para um fornecedor de insumos fez com que a prefeitura de Campo Grande suspendesse a partir desta quarta-feira (13) a realização...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions