A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

10/03/2011 18:28

Golpista "conhecida" é presa ao se passar por advogada e enganar deficiente

Nadyenka Castro e Paula Vitorino

Ela já esteve na cadeia por pelo menos 5 anos

Estelionatária é cliente da Polícia desde 1992. (Foto: Simão Nogueira)Estelionatária é cliente da Polícia desde 1992. (Foto: Simão Nogueira)

”Conhecida” da Polícia há 19 anos, Margareth Vilela Pereira, 46 anos, foi presa na tarde desta quinta-feira, em Campo Grande, após se passar por advogada e enganar um deficiente visual de 50 anos, funcionário público municipal.

Ela, que estava em liberdade condicional, foi autuada em flagrante por estelionato na Decon (Delegacia Especializada de Repressão aos Crimes Contra as Relações de Consumo), onde a vítima fez a denúncia após esperar por horas por ela no Procon. Os dois órgãos ficam no mesmo prédio.

O funcionário público combinou com Margareth de encontra-la às 10h30min no Procon após ter recebido uma notificação de que estava em débito com o financiamento do veículo, utilizado pela esposa dele.

Financiamento este que a falsa advogada disse ao “cliente” que entraria com ação de revisão do valor das parcelas com a intenção que fosse reduzido.

Como a mulher não apareceu, o homem já desconfiado procurou a Polícia Civil. Á tarde ele entrou em contato com ela, que foi até o local e acabou presa.

O delegado Adriano Garcia explicou que desde janeiro Margareth se passa por advogada para o funcionário público. Ele havia pago a ela R$ 2,4 mil referente às parcelas do veículo e como foi informado sobre a dívida, desconfiou da mulher.

Conforme o delegado, no momento da prisão Margareth estava com mais de 10 petições judiciais em nome de presos, documentos que não têm validade.

Cliente da Polícia- Margareth é conhecida da Polícia desde 1992, sendo que em 1993 foi presa em flagrante pela Derf (Delegacia Especializada de Repressão a Crimes de Roubos e Furtos).

Ela ficou presa por cinco anos, fugiu em 2006 e foi encontrada em 2007, ano que teria aplicado a maior quantidade de golpes.

De acordo com a Polícia Civil, em 2007 ela se passava por responsável por cursos técnicos gratuitos “fantasmas” e recrutava participantes cobrando R$ 70 pela matrícula.

Três anos depois disse a uma vítima que era funcionária de um cartório e conseguiria aposenta-la. Pelo serviço cobrou R$ 2 mil.

Cliente na cadeia- Segundo o delegado Adriano Garcia, Margareth declarou que as petições que estavam com ela são de detentos que sabem que ela não é advogada.

Ela os conheceu através do namorado que é interno da Colônia Penal da Gameleira. O delegado explicou ainda que quando esteve no presídio, Margareth dizia às colegas que era advogada.

A golpista cursou dois anos de Direito e por ter noções do funcionamento da Justiça conseguia enganar algumas pessoas.

Guarda oferece palestra sobre prevenção e combate às drogas em Uneis
Jovens da Unei (Unidades Educacional de Internação) Dom Bosco e da Unidade de Internação Feminina Estrela do Amanhã, em Campo Grande, receberam pales...
Cadastramento biométrico é oferecido pela Carreta da Justiça em Anhanduí
Desde o início desta semana a Carreta da Justiça está realizando atendimentos da biometria no distrito de Anhanduí, no município de Campo Grande, gra...


E uma sem vergonha, velha e sem um pingo de dignidade!!!
 
Patricia Correa. em 11/03/2011 12:47:16
Esperamos que permaneça presa desta vez. Ela aplicou golpes na minha sogra, na tia e numa prima do meu esposo também.
 
Fernanda Gotz em 11/03/2011 11:52:20
essa mulher precisa de deus na vida dela
 
MARIA ANGELA oliveira da silva em 11/03/2011 10:18:21
Eh, eu ja cruzei por diversas vezes com essa cidadã na area central proximo aos bancos,velha conhecida da policia e do sistema penitenciario,uma pessoa que não mostra arrependimento.Graças ao nosso codigo penal ela fica presa uns tres anos recebe beneficios da L.E.P. a desculpa sempre e do sistema carcerario esta lotado bla.bla.bla, de sempre.........ai fica o jogo de empurra do judiciario para o executivo e o legislativo não tem voto. EH BRASIL E SOCIEDADE ACORDA. e o futuro de nossos filhos e netos.
 
paulo henrique de oliveira em 11/03/2011 09:56:07
É triste ver que existe pessoas como essa falsa doutora, que não tem nem criatividade, é, é isso mesmo , ela poderia ter ao menos dado um trato nessa cara de pau, quem sabe um óleo de peroba resolva isso, dêem um de presente a ela no presídio. Ah! fiquem de olho, é estranho uma mulher como essa estar nas ruas, se já foi pega porque duas vezes, hum.................. sei não aí tem.
 
rosimeire figueiredo em 11/03/2011 09:19:54
Tem que entrar pra politica!
Vai se dar bem, pelo menos um cargo ela ganha!
 
Márcio Santos em 11/03/2011 09:06:30
Minha mãe foi vítima desta mulher. Ela tinha uma loja na Vila Margarida e essa tal de Margareth ficou com muitas promissórias da minha mãe, dizendo que cobraria as mesmas. Ela pegou muito dinheiro da minha mãe, que na época que abriu a loja, estava com depressão e muito vulnerável a qualquer tipo de abordagem. No primeiro dia que ela foi a loja, ela se passou como cliente, sondou o território e fez tudo isso aí que ela tá acostumada a fazer. Mentiu, fingiu... fez de tudo! Minha mãe até hoje tentava encontrá-la, essa mulher é uma doente. Precisa ser mantida presa, longe de pessoas dignas e do bem! Minha mãe está hj em um hospital psiquiátrico, pois depois desse baque, ela tentou suicidio e não se recuperou... Por ser enganada, por uma doente, idiota, nojenta... que é essa mulher. Desejo do fundo do meu peito que ela apodreça na cadeia. Inves de enganar gente do bem, deveria trabalhar e cuidar da vida dela. LOUCA! Deus me livre.
 
Ana Paula Gomes França em 11/03/2011 08:56:46
Lamentável .
Dicas para as pessoas que contratam adovogados:

1) Exijam sempre dos advogados, a carteira de identificação profissional. Na dúvida busquem a OAB.
2) Trabalhem com profissionais com possa ter referência de serviços, ou seja, que tenham atuado para seus amigos, ou parentes.

Estes são alguns cuidados para evitar que BANDIDOS possam prejudicar mais pessoas.


Jayme de Magalhães Júnior
OAB/MS 12.494
 
Jayme de magalhaes Junior em 11/03/2011 08:50:14
Essa mulher precisa apodrecer na cadeia, aproveitadora oportunista, armou um golpe para minha familia à uns dez anos, se aproveitou de senhoras aposentadas analfabetas e sem filhos, as enganou, roubou o dinheiro da poupança das coitadas e depois sumiu, deixando pra tras o desespero e indgnação da nossa familia.
 
leticia mello em 11/03/2011 07:57:38
É pra acabar !! olha o Tipo da "da Dra ", infelizmente neste Mundo de meu Deus tem de tudo !!
 
vitor eduardo cesar Rojas em 11/03/2011 07:31:16
A pergunta que não quer calar: como que uma pessoas dessa dorme a noite? Vive de enganar pessoas fragilizadas, inocentes... Lamentável.
 
Andrea Burque em 11/03/2011 04:39:18
Em 1992 essa fulana tentou me vender um telefone que não existia. É ela mesmo. Bem feito.
 
Áttila Gomes em 11/03/2011 02:18:21
É
realmente para o crime não tem kra nem idade
essa pilantra mesmo
cara de dona de casa, mãe de familia
e olha só quantos danos já causou
temos que estar sempre alerta mesmo
e duvida de tudo e de todos
as pessoas cada vez me convence mais
que o mundo está perdido!
=/
 
Ingrid Ferreira em 11/03/2011 02:02:58
Essa debil mental, talvez só consiga ser explicada pela psicologia juridica forense, que procura bem a fundo as anomalias humanas, mas no caso dela, aposto e ganho , que algum advogado herói, irá abarcar a causa dela e alegar insanidade mental, mais prezados amigos ai de cima, eu garanto a voces, de doente, ela não tem nada, mas sim folgada e sem vergonha, do tipo que merce lenha para afinar o corinho dela, e espelhen se caros amigos, no exemplo acima do Jayme, ele esta coerentemente corretíssimo em saus afirmações, ou melhor, orientações, procure um profissional com histórico bom, certifique se se o mesmo é idoneo, quanto tempo ele esta no mercado, de onde ele veio, verifique a OAB dele, casa haja alguma duvida, ligue na própria oab ou orgaos competentes para verificar as informações fornecidas por aquele profissional,em caso de duvida, afaste se , denuncie.
Espero cara Ana Paula, que sau mãe sai dessa muito breve e tambem faço votos que essa demente apodreça na cadeia, gostaria de ter a oportunidade de ser vitima dela, pra mostrar com quantos pauzinhos se faz uma canoinha.
 
Gustavo Capile em 11/03/2011 01:30:17
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions