A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

01/03/2013 11:57

Governo lança plano para garantir “Políticas Públicas para Mulheres”

Carlos Martins
Governador fez o lançamento do Plano Estadual de Políticas Públicas para Mulheres (Foto: Rachid Waqued)Governador fez o lançamento do Plano Estadual de Políticas Públicas para Mulheres (Foto: Rachid Waqued)

No dia em que foram abertas as atividades alusivas ao Dia Internacional da Mulher, que se comemora no próximo dia 8 de março, o governo do Estado lançou hoje o 1º Plano Estadual de Políticas Públicas para Mulheres. Com o auditório da Governadoria repleto, por autoridades, dirigentes de várias entidades, prefeitos e vereadores e mulheres representando diversos segmentos, o governador André Puccinelli fez o lançamento das políticas e disse que o plano é um estímulo que o governo do Estado dá para que a sociedade participe de forma atuante, mostrando que Mato Grosso do Sul inova nesse setor e inicia um marco a nível nacional.

Puccinelli disse que as mulheres vêm conquistando direitos ao longo dos anos e que u dessas conquistas se deu em 1932 quando elas passaram a ter direito ao voto e que a Lei Maria da Penha também foi um marco. Ele lembrou que quando foi para a prefeitura, metade das secretarias eram ocupadas pelas mulheres, e metade pelos homens, e que agora, no governo do Estado, as mulheres também ocupam metade das pastas. “Não é por ser mulher que ela tem espaço garantido, mas é por ser competente, zelosa, cordata, eficiente, mais cuidadosa do que o próprio homem”, disse Puccinelli que estava acompanhada da primeira-dama, Beth Puccinelli.

Em sua fala, a vice-governadora, Simone Tebet, exortou as mulheres a continuarem a luta. “Peço que não esmoreçam, nossa causa é ainda um grande desafio”, disse Simone, destacando que, embora o governo seja comandado por um home, as mulheres ocupam importantes pastas, como as da Educação, Saúde, Administração, Recursos Humanos e da Indústria e Comércio,

Subsecretária da Mulher e Promoção da Cidadania, Tai Loschi: Plano veio para nortear diretrizes (Foto: Rachid Waqued)Subsecretária da Mulher e Promoção da Cidadania, Tai Loschi: Plano veio para nortear diretrizes (Foto: Rachid Waqued)
Governador acompanhado de mulheres importantes para a sociedade sul-mato-grossense  (Foto: Rachid Waqued)Governador acompanhado de mulheres importantes para a sociedade sul-mato-grossense (Foto: Rachid Waqued)

Conferências - O plano foi elaborado a partir de dados levantados em uma série de conferências e audiências públicas realizadas desde 2000 e traduz, em seu conteúdo, os anseios da sociedade. De acordo com a subsecretária da Mulher e Promoção da Cidadania, Tai Loschi, o documento foi formulado baseado nas resoluções tomadas nestes encontros. No lançamento, estava presente toda a Rede de Enfrentamento à Violência contra a Mulher, composta por diversos organismos e entidades da sociedade.

“O plano veio para nortear diretrizes macro dentro dos eixos temáticos que são orientados pela secretaria de Políticas para as Mulheres da Presidência da República. Vem balizar e garantir que elas saiam do papel e vai contemplar as mulheres indígenas, negras, quilombolas, reeducandas, da diversidade LGBT. Mostra o compromisso do governo do Estado com as mulheres sul-mato-grossenses”, explicou a subsecretária Tai Loschi. A meta é estabelecer parcerias e articulações entre governo e Sociedade.

Os cinco eixos temáticos são os seguintes: Enfrentamento a todas as formas de violência contra a mulher e Lei Maria da Penha; autonomia econômica e equidade no mundo do trabalho com inclusão social; saúde das mulheres e direitos sexuais e reprodutivos; educação inclusiva, não sexista e cultura e participação e fortalecimento das mulheres nos espaços de poder e decisão.

O Plano Estadual é um conjunto de propostas dirigidas às diferentes esferas do governo estadual e da sociedade civil, que envolve e afirma o compromisso de todos os envolvidos com a equidade de gênero. Sua elaboração, envolveu em várias etapas a participação de mulheres da sociedade civil, gestoras públicas dos organismos governamentais de políticas para mulheres e das instituições parceiras da administração,

Conforme a programação, à tarde, a partir das 14h, será realizado o Fórum Estadual de Políticas para as Mulheres também no auditório da governadoria. A programação prossegue até o fim do mês com eventos relacionados a “Março Mês da Mulher 2013” tanto na Capital como no interior nas coordenadorias de Políticas Públicas para a Mulher e nos Centros de Atendimento da Mulher.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions