ACOMPANHE-NOS    
OUTUBRO, SÁBADO  31    CAMPO GRANDE 18º

Capital

Guarda municipal de 32 anos é preso pela morte de militar em acidente

No veículo em que ele estava, havia latas de cerveja. Perícia recolheu material para

Por Marta Ferreira e Geisy Garnes | 25/09/2020 14:20
Vítima caiu perto da motocicleta e morreu no local de acidente, no Bairro Estrela do Sul. (Foto: Marcos Maluf)
Vítima caiu perto da motocicleta e morreu no local de acidente, no Bairro Estrela do Sul. (Foto: Marcos Maluf)

Está preso o motorista envolvido nesta manhã em acidente que matou o militar do Exército Fernando Pereira da Silva Filho, 20 anos, no Bairro Estrela do Sul, em Campo Grande.

O homem preso é Adriano Ferreira da Silva, de 32 anos. Ele é guarda civil metropolitano e foi preso por colegas de corporação, segundo apurou a reportagem.  Foi localizado na Clínica Campo Grande, para onde foi levado porque ficou ferido, no braço, no acidente.

No carro dele, um Celta de cor prata, foi encontrada cerveja. Testemunhas disseram que ele estava aparentemente "tonto e cambaleando". A informação apurada junto à Guarda Civil Metropolitana é de que no atendimento médico não foi constatada embriaguez.

De acordo acordo com o boletim de ocorrência da Depac (Delegacia de Pronto Atencimento Comunitário) Centro, a morte aconteceu depois de uma conversão errada feita pelo motorista, que atingiu o motocicleta conduzida pelo militar, na Avenida Prefeito Heráclito Diniz de Figueiredo, no sentido Bairro Centro.

Conforme o relato de testemunhas à Polícia Civil, o motorista deixou o local sem prestar socorro à vítima. Uma testemunha contou aos policiais que, para buscar socorro, chegou a ultrapassar a velocidade permitida. Os bombeiros foram ao local, por interveniência desse rapaz, mas o motocicleta já estava morto.

“A perita localizou no interior do automóvel do autor uma lata de cerveja vazia, um boné e coletou material liquido semelhante a bebida alcoólica para análise e confirmação laboratorial”, informa o boletim de ocorrência.

Equipe do Exército foi enviada ao local para acompanhar o procedimentos e recolher a motocicleta da vítima e seus pertences.

A prisão foi em flagrante, por homicídio.

(Matéria editada às 19h00 para acréscimo de informação)

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário