ACOMPANHE-NOS    
OUTUBRO, QUARTA  27    CAMPO GRANDE 28º

Capital

Homem encontrado no Jardim Inápolis foi morto com tiro na boca

Polícia não conseguiu identificar vítima, moradores dizem que ele era conhecido como "Luan"

Por Ana Oshiro e Bruna Marques | 08/10/2021 07:47
Bombeiros analisam corpo da vítima para identificar ferimentos (Foto: Henrique Kawaminami)
Bombeiros analisam corpo da vítima para identificar ferimentos (Foto: Henrique Kawaminami)

Conhecido apenas como "Luan", o homem encontrado morto na manhã desta sexta-feira (8), no Jardim Inápolis, em Campo Grande, foi assassinado com um tiro na boca, próximo ao queixo. O homem ainda não foi identificado e o nome "Luan" foi dito por moradores da região à polícia.

"A princípio foi um disparo só, mas a confirmação vamos ter depois do laudo médico legista. Além do tiro na região da boca, perto do queixo, tem também uma lesão na parte de trás da cabeça, mas ainda não sabemos se é por onde o disparo saiu ou se é um segundo tiro", explicou Rodrigo Camapum, delegado plantonista da Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) Centro, que atendeu a ocorrência.

Delegado Camapum atendeu ocorrência no Jardim Inápolis (Foto: Henrique Kawaminami)
Delegado Camapum atendeu ocorrência no Jardim Inápolis (Foto: Henrique Kawaminami)

Sem câmeras e sem testemunhas do crime, a polícia tenta descobrir quem era a vítima e por qual motivo o homem foi morto. "A princípio é homicídio, mas vamos registrar como morte a esclarecer porque ainda não sabemos como aconteceu, se foi homicídio simples ou qualificado, por exemplo. Só vamos saber depois que sair o laudo", disse Camapum.

A família do homem ainda não foi localizada e o corpo foi encaminhado para o Instituto de Medicina e Odontologia Legal, onde os familiares deverão ir para fazer o reconhecimento.

O crime - O corpo da vítima foi encontrado por moradores de uma invasão no Jardim Inápolis, por volta das 6h desta sexta-feira. Moradores contaram aos policiais que ouviram disparos de arma de fogo às 4h, mas ficaram com medo e não foram ver o que havia acontecido.

Uma mulher que mora no local há 26 anos disse à polícia, e ao Campo Grande News, que o homem era ex-presidiário, usuário de drogas e que era conhecido como "Luan". Ele foi morto em frente à um barraco de lona e tábua, que é um depósito de materiais recicláveis e não mora ninguém.

Corpo de homem foi encontrado por moradores na manhã desta sexta-feira (Foto: Henrique Kawaminami)
Corpo de homem foi encontrado por moradores na manhã desta sexta-feira (Foto: Henrique Kawaminami)


Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário