A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 24 de Junho de 2018

13/06/2018 07:20

Homem que matou militar durante roubo é preso no Aero Rancho

O militar da Aeronáutica estava a caminho da faculdade. Crime aconteceu na noite de ontem (12), na Rua Bacabá

Viviane Oliveira
Imagem gravada por câmeras de segurança mostram momento em que o ladrão de moto rende o militar (de camiseta branca) (Foto: reprodução / vídeo) Imagem gravada por câmeras de segurança mostram momento em que o ladrão de moto rende o militar (de camiseta branca) (Foto: reprodução / vídeo)
Rafael Lucas foi morto durante ao reagir a assalto na noite de ontem (Foto: reprodução/Facebook) Rafael Lucas foi morto durante ao reagir a assalto na noite de ontem (Foto: reprodução/Facebook)

O assaltante João Victor Gomes Costa, 20 anos, que matou o militar da Aeronáutica durante roubo na noite de ontem (12), na Rua Bacabá, no Bairro Coophatrabalho, em Campo Grande, foi preso no Jardim Aero Rancho horas depois após o crime. A vítima, Rafael Lucas Soares, 23 anos, morreu com dois tiros, sendo no tórax e na perna esquerda.

O primo do autor, Evandro Modenesi Oliveira, 21 anos, dono da motocicleta Fan 150, de cor vermelha, usada no crime não participou da ação, mas vai responder por falsa comunicação de crime. Ele cumpre pena por roubo e usa tornozeleira eletrônica. 

Conforme boletim de ocorrência, a vítima estava em frente de casa distraído mexendo no celular, quando foi surpreendida pelo motociclista que anunciou o assalto e tentou roubar o aparelho. Rafael, então, reagiu, lutou com o ladrão e acabou alvejado.

Após a ação, João Victor saiu correndo a pé com o capacete na cabeça e abandou a motocicleta no local. O Corpo de Bombeiros e Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) foram acionados, mas a vítima não resistiu e morreu.

João Victor e o primo Evandro foram presos por equipes da Polícia Militar (Foto: divulgação/PM)João Victor e o primo Evandro foram presos por equipes da Polícia Militar (Foto: divulgação/PM)

Além da moto, no local foram encontrados três celulares. Durante o trabalho da polícia, uma pessoa apareceu dizendo que havia sido roubada por um homem com a mesma moto e reconheceu um dos aparelhos encontrados na rua. Enquanto fugia, João Victor deixou cair também um celular no cruzamento da Avenida Florestal com a Rua Tiruana que foi entregue a polícia.

Horas depois, por volta de 1h20, a Polícia Militar conseguiu localizar Evandro, dono da moto usada no assalto. Ele havia emprestado o veículo ao primo e após ficar sabendo da situação, mandou que sua mãe fosse até a delegacia registrar boletim de ocorrência por furto. 

O rapaz vai responder por falsa comunicação de crime por ter mentido sobre o furto de sua moto. Na sequência, João Victor foi preso em uma casa no Bairro Aero Rancho. Ele confessou o crime aos policiais e disse que matou porque a vítima reagiu. O revólver calibre 32 usado no latrocínio (roubo seguido de morte) também foi apreendido. Toda ação foi filmada por câmeras de segurança. O caso foi registrado na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) do Centro.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions