ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
FEVEREIRO, SEGUNDA  26    CAMPO GRANDE 23º

Capital

Idoso é roubado por funcionárias em casa de repouso e perde mais de R$ 23 mil

O idoso tem laudo psiquiátrico e faz tratamento para esquizofrenia

Ana Beatriz Rodrigues e Karine Alencar | 20/09/2022 15:45
Fachada da Delegacia onde o caso foi registrado (Foto: Paulo Francis)
Fachada da Delegacia onde o caso foi registrado (Foto: Paulo Francis)

A proprietária de uma casa de repouso foi à delegacia na tarde desta terça-feira (20), para denunciar três funcionárias que trabalhavam no local como cuidadoras e tiraram dinheiro de dos idosos internados no local. A clínica fica na região do Jardim Noroeste, em Campo Grande.

De acordo com o boletim de ocorrência, a primeira funcionária pegou R$ 4 mil no mês de junho, logo em seguida outra mulher que trabalhava no local pediu "emprestado" ao mesmo paciente R$ 1.500.

No início do mês agosto, uma terceira funcionária pediu R$ 2.000 para o idoso, em seguida ela foi demitida por má conduta e teria que cumprir aviso prévio até o dia 23 deste mês, só que desde o último domingo (18), a mulher parou de ir até o asilo.

O idoso começou a ficar nervoso e muito agitado foi quando ele contou à dona do local o que havia acontecido. Ele explicou que a última cuidadora ajudou ele a fazer um empréstimo no banco no domingo (18), de R$ 15.721,49, o empréstimo foi feito através do celular e encaminhado para a conta da cuidadora.

Segundo a informação repassado para a polícia o idoso ligava para a irmã toda vez dizendo que o dinheiro seria para ele, e que era pra ela deixar com as cuidadoras que depois ele pegava.

As mulheres faziam plantão de 12 horas com 36 de folga e cuidavam diretamente da vítima. O idoso tem laudo psiquiátrico e faz tratamento para esquizofrenia.

O caso foi registrado como estelionato na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) Centro, mas o caso já foi encaminhado para a 7° Delegacia de Polícia.

Nos siga no Google Notícias