A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

21/07/2012 18:51

Incêndio destrói dois carros e mais da metade de residência no Carandá

Marta Ferreira e Nicholas Vasconcelos
Fogo destruiu carros e mais da metade da casa que fica na rua Nelson Borges de Barros. (Foto: Nícholas Vasconcelos)Fogo destruiu carros e mais da metade da casa que fica na rua Nelson Borges de Barros. (Foto: Nícholas Vasconcelos)
Rua precisou ser interditada para o trabalho dos Bombeiros. (Foto: Nicholas Vasconcelos)Rua precisou ser interditada para o trabalho dos Bombeiros. (Foto: Nicholas Vasconcelos)

Dois carros e mais da metade de uma residência no bairro Carandá Bosque, em Campo Grande, foram destruídos por um incêndio neste sábado.

O fogo começou em um veículo Jeep, assim que o morador chegou à casa, por volta de 17h40, e se alastrou para outro carro que estava na garagem, e também para os cômodos próximos.

O morador da casa, que não quis se identificar, disse que as chamas começaram no motor do jipe logo que chegou. Bastante nervoso, ele não deu detalhes sobre quantas pessoas estavam na casa. A reportagem apurou que havia pelo menos mais duas crianças. Ninguém se feriu.

Quatro viaturas dos bombeiros foram enviadas para o local. A rua, a Nelson Borges de Barros, precisou ser interditada e o trabalho dos bombeiros atraiu muitos curiosos.

O capitão Teller, oficial que chefiou a equipe, informou que foram usados mais de 6 mil litros de água para combater o fogo. Segundo ele, essa quantidade é até pequena para a proporção do incêndio, mas foi possível conter as chamas.

A residência é toda de alvenaria, sem muita madeira aparente. Um dos motivos para o fogo ter se alastrado tão rápido pode ter sido o fato de os dois veículos estarem com o tanque cheio. De acordo com os bombeiros, o outro carro é um Gol. Na garagem, o cenário era de destruição.

O cálculo dos bombeiros é que 65% de tudo que estava na casa foi consumido pelo fogo. O dono informou que tem seguro tanto dos carros quanto do imóvel.



O cara mora no Carandá Bosque! Se não tivesse seguro poderia chamar de mão-de-vaca, pão-duro e etc.
 
Paula Lutero em 23/07/2012 10:03:42
nossa coitado das crianças
 
deborah gonçalves em 23/07/2012 01:46:02
Nossos vizinhos, sentimos não estarmos presentes no momento do ocorrido, para prestar auxílio. Apesar de nossa rotina nos permitir pouco contato, estamos aqui para ajudá-los no que for possível. Contem conosco, ainda mais neste momento!
 
Miguel Antônio Petrallas em 22/07/2012 12:53:36
Meu amigo, lamento pela perda material, mas tudo se consegue novamente, se eu puder fazer algo pra ajudar, meu e-mail esta aí.
 
marcos antonio smoliak em 21/07/2012 09:16:49
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions