A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

22/10/2015 17:53

Infernal, “bolha de calor” segue sem prazo para acabar e vira piada em MS

Adriano Fernandes
Sobrou até para o chapolim colorado. (Foto:Reprodução)Sobrou até para o chapolim colorado. (Foto:Reprodução)
O calor não desanimou o vendedor de milhos, no Tijuca.(Foto: Adriano Fernandes)O calor não desanimou o vendedor de milhos, no Tijuca.(Foto: Adriano Fernandes)

De declarações de amor ao ar condicionado a selfie em chamas, o calor que tem incomodado a população nos últimos dez dias, tem virado piada nas redes sociais. As altas temperaturas são decorrentes da chamada “bolha de calor”, fenômeno que atinge todo o país e que em Mato Grosso do Sul, faz os termômetros ultrapassarem os 40°C. E não há previsão de quando a onda de calor deverá acabar em MS.

O fato da região Centro-Oeste estar no meio da “bolha”, agrava ainda mais a situação, não só na Capital mas em todo o Estado, conforme explicou o meteorologista Natálio Abrão. “Quando há uma massa de ar quente, com alguns poucos pontos de baixa umidade, isso causa um bloqueio de temperatura. Conforme esse fenômeno persiste, essa massa de calor aumenta em tamanho ou intensidade. No Estado, os dois fenômenos ocorrem”, completou Natálio.

Ainda de acordo com o meteorologista, a previsão é que entre domingo (25) e segunda-feira (26) o clima fique um pouco mais ameno. No entanto, oscilações de baixas temperaturas não necessariamente, vão trazer chuvas à Capital. “Não vai fazer frio, pelo menos até março”, completou.

Em todo o estado, as cidades com maior índice de altas temperaturas nesta quinta-feira (22) são Aquidauana (39,2 ºC), Nhumirim (40,1 ºC) e Corumbá (40,2 ºC). Em Campo Grande, os termômetros marcam 35,6 ºC . Em meio ao calorão, tem até morador que apelou por dormir no chão, conforme afirmou o motorista Generino Alves, 57 anos.

“Ar condicionado não tenho, o ventilador não vence o ar abafado. Solução pra pobre nesse calor é abrir as portas e deitar no piso”, ensinou aos risos, o motorista. Já para o aposentado Paulo Batista dos Santos, 71, nem o tempo quente atrapalha o trabalho de vendedor de milho, na esquina entre as ruas Souto Maior e Panambiverá, no Jardim Tijuca.

“Aqui ao menos tem sombra, venta um pouco, os amigos passam de vez em quando. A gente pelo menos se diverte, mesmo com o calorão”, disse o aposentado que fez questão fazer pose para a foto.

No facebook e Whats App o que também não falta é quem levou o calor na esportiva, disseminando os memes nas redes sociais. Confira abaixo alguns dos memes.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions