A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 14 de Dezembro de 2018

22/09/2015 08:33

Investigador da Policia Civil atira contra filho ao confundi-lo com bandido

Filipe Prado

Um adolescente de 17 anos foi atingido por um tiro na região do abdômen, ao ser confundido com um bandido pelo pai, um investigador da Polícia Civil. O caso aconteceu por volta das 22h30 de ontem (21), no Bairro Nova Lima, na saída para Cuiabá.

De acordo com informações da polícia, o policial estava em sua residência, quando ouviu barulhos em frente á casa, onde se encontra um salão de beleza. Ele acreditou que um bandido estava realizando um furto.

O policial foi até a sala, momento em que abriram a porta, então ele realizou um disparo de arma de fogo contra a pessoa. Depois do tiro, ele percebeu que o suspeito era o seu filho, que estava chegando em casa.

O Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) foi acionado, socorrendo o adolescente e o encaminhando para a Santa Casa. O estado de saúde do jovem é estável e não corre risco de morte.

A perícia da polícia civil foi até o local do fato e constatou que a versão do investigar condiz com os dados colhidos na residência. O caso foi registrado na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) do Centro.



Hoje em dia não existe treinamento aos policiais, só dão uma farda, uma arma e se vira, vai praticar pelas ruas, vai ler revista, assistir filmes, por isso temos um agrande parte de policias despreparados. Isso é brasil. lixo de país.
 
fabiano santos em 22/09/2015 17:12:26
Uma vez um amigo meu falou: não sei como os pais esquecem os filhos no carro! Muita idiotice, etc e tal!
Até que um "belo" dia, um amigo dele, infelizmente, esqueceu a criança no carro e ela morreu! Ai mudou o discurso.
Infelizmente, as vezes, algumas pessoas só mudam o pensamento quando acontecem com eles, ou pessoas próximas.
Eu que não julgo esses casos, pq a condenação já é o sofrimento de perca.
No caso da reportagem, graças a Deus, pelo que tudo indica, está bem.
 
Pereira em 22/09/2015 12:01:15
É ESSA A MENTALIDADE DA POLICIA BRASILEIRA, ATIRA PRIMEIRO E PERGUNTA DEPOIS, SÓ QUE DESTA VEZ FOI NO PRÓPRIO FILHO..... LAMENTÁVEL.
 
Max em 22/09/2015 09:57:48
Olha como estamos bem servidos na polícia....o cara em casa, o filho fora de casa, abrem a porta e ele pensa em bandido e atira ?...a primeira pessoa que imaginamos estar abrindo a porta é aquela que não está em casa né?...e não reconhecer um filho?...precisamos de mais preparo da polícia.
 
Nana em 22/09/2015 09:01:02
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions