A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 18 de Novembro de 2018

10/05/2011 09:59

Jacini minimiza greve de fome de presos da Máxima, que já acabou

Marta Ferreira e Fabiano Arruda

O secretário de Justiça e Segurança Pública de Mato Grosso do Sul, Wantuir Jacini, minimizou nesta manhã a greve de fome feita por presos do Estabelecimento Penal de Segurança Máxima de Campo Grande.

Segundo ele, foi uma situação isolada, que nem pode ser caracterizada como greve de fome. “Foi um fato atípico”, afirmou. O secretário participa esta manhã de solenidade para incineração de 2 toneladas de drogas.

A Agepen (Agência de Administração do Sistema Penitenciário) confirmou que alguns detentos, em número não informado, rejeitaram ontem o almoço. À noite, conforme a assessoria de imprensa da agência, os presos comeram normalmente, assim como hoje pela manhã.

A irmã de um dos presos informou ontem que os presos ficaram irritados porque não houve comida suficiente para todo mundo durante a visita de domingo, por causa do limite imposto para a entrada de alimentos.

Diante disso, segundo ela, as crianças foram privilegiadas. Agepen informou que estipulou a entrada de apenas três quilos para evitar “problemas de saúde”. A alegação é que muitos internos guardavam o que sobrava e esses restos acabavam se estragando.

Em menos de 1 semana, polícia flagra dois homens se masturbando na rua
Homem de 38 anos foi flagrado pela Polícia Municipal se masturbando perto de mulheres e crianças, em ponto de ônibus, na noite de ontem (17), na Rua ...
Homem vai defender mulher de agressão e acaba esfaqueado no Itamaracá
Homem de 31 anos foi defender uma mulher e acabou esfaqueado pelo namorado dela. O caso aconteceu por volta das 3h30 de hoje (18), na Rua Vicente San...
Motocilcista sofre acidente, desmaia e tem a moto roubada em avenida
Depois de colidir em outra moto e ficar inconsciente, neste sábado (17) na Avenida Bandeiras em Campo Grande, um motociclista de 38 anos teve a sua m...


Tem que deixar morrer de fome, quantas familias estão passando fome trablahando honestamente?
E o secretário de Justiça fica preocupada com a segurança dos que pagam impostos?
É a inverdão de valores, eles estão na cadeia, não é para passar férias, é para cumprir pena dos crimes que cometeram.
Se querem comer, bem se querem dormi rno chão duro, tempessoas que nem colchão tem.
Bandido é bandido.
Nesse país corrupto e ladrão tem tratamento diferenciado ( para melhor ).
Vou ter que pensar em mudar meus valores e atitudes, ser honesto é desvantagem aqui no Estado.
 
Kamél El Kadri em 10/05/2011 10:37:58
Esses "pobre cidadões privados de sua liberdade injustamente fazem greve de fome"
Mas esses condenanados recebem por mes do governo Federal R$ 740,00 por filho por mes.
Parodiando o "Aguia de Haia , nosso querido Rui Barbosa "DE TANTO VER A VITORIA DA CORRUPÇÃO TENHO VERGONHA DE SER HONESTO"
E VIVA A NOSSA "DEMOCRACIA" RSRSRSRS.
 
Vanderley Batista Gomes em 10/05/2011 02:11:08
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions