ACOMPANHE-NOS    
JANEIRO, QUINTA  21    CAMPO GRANDE 21º

Capital

Jovem foi esfaqueado na frente da família, no dia do aniversário do irmão

Durante velório na tarde de hoje, prima contou que ele pediu demissão este ano para abrir a própria empresa

Por Ana Paula Chuva, Liniker Ribeiro, Clayton Neves e Kerolyn Araujo | 23/11/2020 15:59
Amigos e familiares durante o velório de Everton nesta tarde. (Foto: Kisiê Ainoã)
Amigos e familiares durante o velório de Everton nesta tarde. (Foto: Kisiê Ainoã)

No sepultamento de Everton Quebra de Oliveira, esfaqueado aos 29 anos, o comentário é a forma brutal como o jovem morreu no domingo (23). Segundo testemunhas, ele defendia duas sobrinhas adolescentes, de 15 e 16 anos, que estavam do lado de fora da festa no Bairro Portal Caiobá II.

Durante o velório do rapaz na tarde de hoje, amigos estavam muito abalados e apenas uma prima de Everton, que não quis se identificar, aceitou conversar com o Campo Grande News. Ela contou que tudo ocorreu na festa de aniversário do irmão.

“Nós estávamos comemorando o aniversário do irmão dele, era uma festa de família não tinha nada de errado. Eu participei da festa, mas fui embora um pouco antes de tudo acontecer”, disse.

As sobrinhas adolescentes estavam do lado de fora do espaço alugado para a comemoração, encostadas em um carro que seria do filho de um morador da rua.

“Ele [o dono do carro] não gostou da cena, deu um tapa no rosto de uma das meninas e o Everton viu. Então ele foi se aproximando do carro onde eles estavam para tirar satisfação e o cara deu uma facada nele”, contou.

Ainda conforme a prima, o rapaz trabalhava desde a adolescência em uma funilaria e pediu demissão este ano para abrir a própria empresa.  “Nunca foi de briga. Nunca fez nada para ninguém. Sem palavras para descrever ele. Ele era tudo para todos que estão aqui”, desabafou.

Nas redes sociais, amigos e familiares lamentam morte de Everton. (Foto: Reprodução | Facebook)
Nas redes sociais, amigos e familiares lamentam morte de Everton. (Foto: Reprodução | Facebook)

O caso - Everton foi atingido no peito e chegou a ser socorrido por populares que o levaram para o posto de saúde do Aero Rancho, mas acabou não resistindo. Outros dois amigos que estavam com ele também foram esfaqueados e seguem no hospital em observação.

De acordo com o boletim de ocorrência, a PM (Polícia Militar) foi chamada para atender o caso, ao chegar no local conversaram com um homem de 55 anos, que se apresentou como pai do autor, um jovem de 27 anos. Ele contou aos policiais que o filho se envolveu em uma confusão, tirou uma faca de dentro do carro, desferiu golpes contra três jovens e fugiu do local.

Os outros dois atingidos foram feridos nas costas e na barriga. O suspeito não foi localizado, mas, segundo o pai do mesmo, ele deve se apresentar à polícia em momento oportuno. O caso foi registrado como homicídio simples.

Delegado Giuliano Biacio da 6ª Delegacia de Polícia Civil. (Foto: Paulo Francis)
Delegado Giuliano Biacio da 6ª Delegacia de Polícia Civil. (Foto: Paulo Francis)

Investigação - Conforme informações do delegado Giulliano Biacio, da 6ª Delegacia de Polícia Civil, o caso chegou nesta tarde na unidade e buscas pelo suspeito já estão sendo feitas.

A partir de amanhã (24), o delegado começará a ouvir testemunhas do crime. Também será investigado se o suspeito foi armado para a festa ou encontrou a faca usada para matar a vítima no local.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário