A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

28/04/2011 19:02

Justiça intima supermercados para não abrirem em feriados

Viviane Oliveira

A Justiça Federal de Mato Grosso do Sul intimou os supermercados para cumprirem decisão dada pelo TRF (Tribunal Regional Federal) da 3º região para não abrirem em feriados.

A decisão foi contra recurso da Associação Sul-mato-grossense de Supermercados e mais outros três hipermercados da Capital. A JUstiça entendeu que após a edição de uma lei federal, o funcionamento dos estabelecimentos comerciais nos feriados, depende dos critérios legais: autorização em convenção coletiva de trabalho e observância da legislação municipal.

Já o Sindicato dos Empregados do Comércio de Campo Grande fará uma reunião amanhã (29) às 9 horas para discutir a questão.

Eles propõem que o feriado seja pago no mesmo dia no valor de R$ 45 e que o trabalhador tenha uma folga.

A categoria ainda não chegou a um acordo sobre o valor que os trabalhadores terão direito por trabalharem em feriados, principalmente no próximo 1º de maio, dia do trabalhador. Como em Campo Grande existe legislação que proibe este trabalho, o Juiz Odilon de Oliveira intimou os comerciantes para cumprirem a decisão, até que haja consenso entre empresários e os trabalhadores.



DEVERIAM CHAMAR OS FUNCIONÁRIOS PARA SABER SE ELES QUEREM TRABALHAR DOMINGOS E FERIADOS.......É ASSÉDIO MORAL A PRESSÃO PARA TRABALHAR NESTES DIAS.........
PATRÃO QUER FAZER FUNCIONÁRIOS DE ESCRAVOS....
 
GILMAR CANDIDO em 29/04/2011 01:40:21
Eu digo que é uma grande falta de respeito com os trabalhadores, que além de ser o dia deles (01.de maio) ainda tem que trabalhar o dia todo para ganhar uma miséria de salário que essas empresas pagam. O comércio está muito ganancioso por dinheiro fazendo os trabalhadores trabalharem até aos domingos.
Esse é o nosso país, explorador, que só dá ouvidos aos empresários.
Tenho dito.
 
Adenilson José Rebeque em 28/04/2011 09:37:59
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions