A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 24 de Junho de 2018

28/01/2011 10:28

Justiça Federal pode arrecadar R$ 7 milhões em leilão de gado confiscado

Ana Maria Assis
Juiz Odilon de Oliveira, antes de iniciar leilão de bens do tráfico. (Foto: Ana Maria Assis)Juiz Odilon de Oliveira, antes de iniciar leilão de bens do tráfico. (Foto: Ana Maria Assis)

Nesta manhã, às 9h, a Justiça Federal deu início em Campo Grande ao leilão que tem como estimativa a arrecadação de R$ 7,7 milhões. Será vendido rebanho de 8 mil cabeças de gado, que foi sequestrado de Alcides Carlos Grejianin, conhecido como Polaco.

Os bens foram apreendidos devido ao processo de lavagem de dinheiro vindo do contrabando de cigarros do Paraguai. Polaco também é acusado de homicídios para queima de arquivo.

Conforme o juiz Odilon de Oliveira, que atuou nos julgamentos dos processos de lavagem de dinheiro, ainda este ano, a Justiça Federal deverá realizar outros leilões. “Vamos fazer levantamento de outros bens, como veículos e aviões, e vamos realizando leilões ao longo do ano”. Para o juiz, o leilão de hoje é mais direcionado a criadores e empresários que atuam com abate.

O juiz destaca, ainda, que todo o gado leiloado hoje é oriundo de lavagem de dinheiro.

“O ‘grosso’ é do trafico, sonegação fiscal e contrabando. Todos os casos desses são da 3ª Vara, especializada em lavagem de dinheiro”.

No leilão de hoje há gado de todo o tipo nos lotes, desde cria e recria até vacas leiteiras. Os animais estão espalhados em dez fazendas nos municípios de Iguatemi, Naviraí e Eldorado. As propriedades também foram sequestradas pela Justiça.

O gado que vai ser leiloado está avaliado em R$ 7,7 milhões. Para a participação, era preciso fazer o cadastro prévio pela internet.

Coforme o juiz Odilon, o dinheiro será encaminhado aos cofres da União.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions