A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

04/07/2011 14:10

Justiça ouve em agosto mais testemunha de PM que matou mulher

Nadyenka Castro

Será a 3ª audiência

A Justiça ouve em agosto mais uma testemunha de defesa do policial militar Paulo Cesar Lucas Batista, que matou a tiro a ex-esposa Luciana Chaves Farias, de 35 anos, em 30 de janeiro deste ano, em Campo Grande.

A audiência, que será a terceira de defesa, está marcada para as 15 horas, na 2ª Vara do Tribunal do Júri. As testemunhas de acusação já foram ouvidas e após a oitiva de defesa será marcado o interrogatório do policial, o qual foi autuado em flagrante e permanece preso.

Paulo e Luciana viveram juntos por 16 anos e na data do crime estavam separados havia duas semanas. Familiares declararam em juízo que ambos costumavam ingerir bebidas alcoólicas constantemente e a relação era marcada por ciúmes.

E o ciúmes é uma das hipóteses levantadas sobre o motivo que teria levado Luciana a ir em plena madrugada à quitinete onde o ex-marido estava morando, local do crime. Ele diz que ela arrombou a porta e pensando ser um ladrão, atirou.

Investigadores da Polícia Civil ouvidos em juízo declaram que Luciana foi atingida por dois tiros.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions