A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

17/01/2012 11:26

Ligação da Via Parque com a Paulo Coelho será inaugurada no dia 28

Wendell Reis
Obra vai garantir fim de enchentes e novos acessos próximo ao Shopping (Foto:Simão Nogueira)Obra vai garantir fim de enchentes e novos acessos próximo ao Shopping (Foto:Simão Nogueira)
Prefeito ajudou a plantar uma árvore no local durante visita na manhã desta terça-feira(Foto:Simão Nogueira)Prefeito ajudou a plantar uma árvore no local durante visita na manhã desta terça-feira(Foto:Simão Nogueira)

O prefeito de Campo Grande, Nelson Trad Filho (PMDB), visitou na manhã desta terça-feira (17) a segunda etapa da obra de contenção de enchentes e acesso próximo ao Shopping Campo Grande. Após a visita o prefeito garantiu que a obra será entregue no sábado (28), às 9 horas. A obra está em fase final de execução, faltando apenas grama, meio-fio, calçada e alguns arremates.

As mudanças no trânsito vão garantir a ligação viária da Via Parque à Paulo Coelho Machado, por meio de uma nova rua, chamada de Mauro Rogério de Barros Vanderlei. A nova via vai facilitar o acesso a rua Rubens Gil de Camilo, cortando a avenida Afonso Pena.

O projeto também inclui uma alça de acesso da Mauro Rogério a Paulo Coelho Machado, no sentido Afonso Pena-Mato Grosso, ligação da Via Parque à Ivan Fernandes Ferreira, que margeia o Parque das Nações Indígenas. A nova via garante o acesso à rua Coronel Cacildo Arantes, passando pela Afonso Pena, evitando os retornos que dão um nó no trânsito.

A obra é dividida em duas partes, sendo a de contenção de enchentes de responsabilidade do Governo Federal, e de acesso da Prefeitura. Para conter a enchente foi instalado gabião para e um poço de contenção de 15.000 m³ de água. O poço é o quinto aberto para evitar enchentes. Os outros estão instalados próximo ao Parque do Sóter e no Parque das Nações Indígenas.

A Prefeitura também instalou outras cinco barragens e deve instalar a sexta para evitar os problemas com a enchente. A barreira montada para atenuar a força da água deixa o local preparado para receber uma chuva de uma hora e com até 80 milímetros. A capacidade foi baseada nos índices de chuvas do Estado e só deve ser rompida caso ocorra uma chuva que nunca caiu em Campo Grande.

A obra tem custo aproximado de R$ 11 milhões e possui 200 metros de canalização, com galerias de concreto de 3,5 metros/ 7 metros, muro de arrimo próximo ao Shopping, paisagismo e pavimentação. Além da contenção de enchentes e acesso, também será preservada uma das nascentes do córrego Prosa.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions