ACOMPANHE-NOS    
ABRIL, QUINTA  02    CAMPO GRANDE 33º

Capital

Lojas têm vitrine quebrada e porta pichada depois de Carnaval no Centro

Vandalismo aconteceu depois da festa de Carnaval, segundo CDL; entidade ofereceu apoio jurídico em ação por danos materiais

Por Silvia Frias | 24/02/2020 11:58
Vitrine quebrada na madrugada de sábado para domingo (Foto/Divulgação: CDL)
Vitrine quebrada na madrugada de sábado para domingo (Foto/Divulgação: CDL)

Pelo menos duas lojas foram alvo da ação de vândalos no centro de Campo Grande neste fim de semana, depois do fim dos desfiles de blocos no Carnaval. Além de pichação, uma vitrine foi quebrada depois que a porta de aço foi chutada.

As depredações aconteceram na madrugada de sábado para domingo, segundo o presidente da CDL (Câmara de Dirigentes Lojistas), Adelaido Vila, que recebeu as fotos. A entidade ofereceu apoio jurídico para os lojistas que tenha interesse em entrar com ação coletiva de ressarcimento por danos materiais.

Loja depredada no centro da cidade (Foto/Divulgação: CDL)
Loja depredada no centro da cidade (Foto/Divulgação: CDL)

Segundo Vila, no ano passado, pelo menos 20 lojistas tiveram prejuízo por conta de vândalos que chutaram as portas ou picharam as fachadas, casos ocorridos após o fim da festa de Carnaval na região central.

“Eles param por ali, na região da Avenida Calógeras, na 14 de Julho”, disse. O presidente da CDL diz que a entidade não é contra a festa de Carnaval na região central, mas disse que é preciso um “olhar forte” no esquema de segurança nessas datas.

Em nota anteriormente divulgada, a PM (Polícia Militar) divulgou que o policiamento foi reforçado nos principais pontos de aglomeração: Esplanada Ferroviária, Avenida Fernanda Corrêa da Costa e na Praça do Papa. O policiamento tem reforço dos militares que trabalham no setor administrativo, e trabalho que se estenderá até a quarta-feira (26).