A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 16 de Janeiro de 2019

03/04/2017 17:45

Lombadas instaladas em frente a posto de saúde ‘mentem’ velocidade

Equipamentos marcam mais de 70 km/h mesmo quando motoristas passam a menos de 30 km/h, que é a velocidade permitida

Anahi Zurutuza
Aparelhos instalados nos dois sentidos da avenida José Nogueira Vieira estão com defeito, conforme flagrou reportagem na tarde desta segunda-feira (Foto: Alcides Neto)Aparelhos instalados nos dois sentidos da avenida José Nogueira Vieira estão com defeito, conforme flagrou reportagem na tarde desta segunda-feira (Foto: Alcides Neto)

As lombadas eletrônicas instaladas na avenida José Nogueira Vieira em frente ao CRS (Centro Regional de Saúde) do bairro Tiradentes – leste de Campo Grande – estão marcando velocidades bem acima da que motoristas que passam pelo local empregam. A dúvida é: os equipamentos estão multando ou não?

A denúncia sobre as lombadas “mentirosas” chegou ao Campo Grande News por leitores. Um deles, Gilson Araújo, conta que percebeu o defeito quando passou pelo local no início da tarde desta segunda-feira (3). “Eu estava a uns 20 km/h, mas a lombada marcou 78 km/h. O veículo que estava na minha frente também registrou a velocidade errada”, relatou.

Preocupado em ser multado, até porque estava com o carro da empresa para qual trabalha, Gilson relata que ligou na tarde de hoje para a Agetran (Agência Municipal de Transporte e Trânsito) e foi informado que desde dezembro, o equipamento não emite multas. “Me garantiram que eu não seria multado e disseram que como estão recebendo muitas reclamações sobre estas lombadas vão enviar um técnico para lá para desligá-la”.

Os equipamentos em questão, conforme consta no site do Inmetro (Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia), foram aferidos no dia 5 de julho de 2016. A medição tem validade até o dia 4 de julho deste ano.

A reportagem já havia recebido reclamação sobre os equipamentos desregulados na José Nogueira Vieira em maio do ano passado e fez matéria sobre o assunto, mas parece que os aparelhos voltaram a apresentar o problema.

Os medidores de velocidades pertencem a Perkons S.A., que foi questionada sobre o problema pela reportagem e, por meio da assessoria de imprensa, informou que verificará a situação.

A equipe também tentou um retorno oficial da Agetran, mas até o fechamento deste matéria não havia conseguido contato com o diretor-presidente, Janine de Lima Bruno, e nem reposta da assessoria de imprensa.

Visor de lombadas do Parque dos Poderes chegaram a marcar velocidade errada, mas voltaram a mostrar velocidades dentro do ‘normal’ (Foto: Marcos Ermínio/Arquivo)Visor de lombadas do Parque dos Poderes chegaram a marcar velocidade errada, mas voltaram a mostrar velocidades dentro do ‘normal’ (Foto: Marcos Ermínio/Arquivo)

Parque dos Poderes – Em janeiro, as lombadas eletrônicas instaladas na avenida do Poeta, em frente à Governadoria, no Parque dos Poderes, marcavam velocidade diferente à que motoristas passavam por elas. Na manhã do dia 13, uma sexta-feira, o Campo Grande News registrou a situação e a Perkons S.A, responsável pelo equipamento, fez o reparo no mesmo dia.

O aparelho estava marcando velocidades acima dos 80 km/h para quem passava pela faixa mais a esquerda no sentido Afonso Pena/Mato Grosso, mesmo se o motorista estivesse a menos de 30 km/h, que é a velocidade máxima permitida no trecho. Já para que passava na faixa da direita, o visor mostrava velocidade de 8 km/h.

O problema, segundo a Perkons, era apenas no display que mostra a velocidade e já foi consertado. “O equipamento estava registrando as velocidades corretas, ou seja, operando normalmente e multando apenas os veículos que passam acima da velocidade estipulada”, informou a empresa por meio de nota.

A Perkons informou ainda que a aferição das lombadas pelo Inmetro estavam dentro da validade.

A reportagem recebeu reclamação de que há alguns dias, as lombadas da frente da Governadoria voltaram a apresentar defeito. Contudo, na tarde desta segunda-feira, quando a equipe esteve no local, aparentemente, os equipamentos apresentaram funcionamento normal.

A falta de aferição em medidores de velocidade sob responsabilidade do município está sendo alvo de investigação do MPE (Ministério Público do Estado).

Em locais de grande movimento, lombadas e faixas fazem falta
Sem os dispositivos redutores de velocidade, a população fica insegura para atravessar avenidas e ruas onde o fluxo de automóveis é intenso....
Mulher é presa com 31 tabletes de maconha que levaria de MS para GO
Uma mulher, de 35 anos, foi presa nesta terça-feira (15) ao confessar que carregava na sua bagagem 31 tabletes de maconha. Ela seguia viagem em um ôn...


Enviei ao Tv News do Campo Grande News as fotos desta lombada, no dia 27 de fevereiro de 2017 onde o problema já existia.
 
Luciano Silgueiro em 04/04/2017 10:31:34
Essa lombada eletrônica em frente ao CRS Tiradentes, poderia facilmente ser substituída por um quebra molas no nível da guia, isso facilitaria a travessia dos pedestres já que os carros passam mais devagar e ao avistar o pedestre acabam parando.
 
JoaoPaulo em 04/04/2017 08:19:56
É verdade... tenho até um video para me defender se vierem com multas! e faz tempo que esse semáforo está com defeito!
 
Hélia De Albuquerque Palhares em 03/04/2017 20:01:40
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions