A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

19/06/2013 16:05

Mãe afirma que filha foi agredida por vigia dentro da escola

Mariana Lopes

A mãe de uma garota de 12 anos, aluna da escola municipal Arassuay Gomes de Castro, afirmou que a filha dela foi agredida na manhã desta quarta-feira (19), por um vigia quando saiu da sala de aula para beber água.

Segundo a versão da mãe, uma vigilante de 34 anos, a menina contou a ela que a professora a autorizou ir beber água e o vigia a abordou no corredor, mandando-a voltar para a sala.

A aluna contou ainda que o vigia pressionou os braços dela e a jogou contra a parede. Em seguida, ainda conforme relato da menina, ela teria dito ao funcionário que contaria o fato à mãe dela e à diretora da escola.

Em resposta, o vigia teria dito à aluna que era ele quem mandava na escola, segundo a versão da mãe.

Diante do ocorrido, a mãe da menina disse que vai registrar boletim de ocorrência na Polícia Civil. Segundo ela, essa não foi a primeira vez que um aluno foi agredido dentro do colégio por um guarda. “Outras crianças também já foram agredidas, assim como filha foi hoje”, denunciou a mãe.

Em nota, a Secretaria Municipal de Educação desmentiu a versão contada pela mãe e informou que, “de acordo com a diretora da referida escola, o vigia segurou no braço da aluna, enquanto solicitava que a mesma voltasse à sala de aula”, traz a nota.

Ainda no esclarecimento, a secretaria afirma que “a aluna ligou para a família passando a informação que teria sido agredida, pelo fato do vigia ter pegado em seu braço”.

Em nota, a Secretaria Municipal de Educação afirma que a direção da escola se reunirá com os pais da aluna na tarde de hoje para esclarecer os fatos e tomar as medidas cabíveis.



Já estava na hora das mães verem com os seus próprios olhos o que vem acontecendo a muito tempo na escola. E só vem sendo escondido pra baixo do tapete por parte de todos da direção, coordenação e orientação. Ta na hora de pensarmos em quem vamos votar para ser diretor de nossa escola. Pais saibam que se notaram alguma diferença na questão de presença na escola por parte da diretoria é por que tem uma votação em outubro para ver se a diretora vai ficar na escola para continuar jogando tudo pra baixo do tapete ou vai entrar um novo diretor sendo então justo com todos zelando da escola, alunos, professores e demais funcionários. É uma falta de gestão. Mães e Pais pensem antes de votar. É a vida de seus filhos que você esta colocando em risco.

Aqui Foi A Afirmação de Um ex Funcionário.
 
Jhefferson Welton em 23/06/2013 13:20:26
Tem sempre os dois lados da história... "Jogou ela contra a parede"... Vai saber se essa menina está falando a verdade, e se está, algum motivo deve ter. Porque ninguém vai fazendo uma coisa dessas sem motivo. (não justifica o erro do vigia), mais tem que ver o certo o que aconteceu, pois tem muita adolescente metida a besta que acha que pode tudo, se acham os donos do mundo...
 
Amanda Montagneri em 20/06/2013 11:17:40
senhora elena antes de postar seu comentario e gerar grande comentarios de pessoas sem noçao procure se informar direito por que o referido cidadao nao e guarda e um contratado da sas e segundo os como guarda do gropu de apoio que sempre esta nas escolas dando apoio aos guardas pesso encarecidamente que os pais olhem melhor seus filhos que em casa se passam por santo e na escola ficam so fumando maconha e pagando de santo para mamae.
 
fabiano luiz em 20/06/2013 09:39:15
eu como mãe jamais permitiria que um guarda ou quem seja segurasse no braço de uma filha minha, essa mãe esta certa em reclamar desse sujeito . e a professora o que diz? tem que fazer BO sim.
 
helena da costa andrade em 19/06/2013 22:46:36
Essa escola está querendo mascarar a verdade, primeiro porque tem ali um guarda municipal que vende salgado na hora do intervalo (recreio) e a diretoria é conivente com isto. O que será que está acontecendo entre a direção e o guarda???? E outra, o guarda tem o direito de cercear a liberdade da adolescente, segurando no braço dela... Se fosse minha filha eu ia segurar o braço dele para ver se é bom...
 
José Carlos em 19/06/2013 21:58:10
A obrigação do guarda é cuidar da escola e não ficar segurando aluno pelo braço ou seja se o aluno fizer algo errado ele teria que levar o caso á diretoria da Escola se fosse meu filho teríamos uma conversa diferente. Fica aqui minha INDIGNAÇÃO e aposto que você NÃO é PAI !!! companheiro; você está precisando URGENTE de RECICLAGEM ou colocar você para cuidar de BANDIDO ou em algum curral cuidando de animal nem animal se trata assim!!!!.Posso estar errado mais não aceito que se trata CRIANÇA desta forma:
 
Marcírio Soares Lpoes em 19/06/2013 17:10:36
E, AINDA VÃO DAR ARMAS PRA ESTES TIPOS DE FUNCIONÁRIOS.
 
vidal da silva em 19/06/2013 17:08:29
Ai pergunto,eles não tem preparo nenhum e ainda votam a favor de armar a guarda que nem estrutura tem e tem pessoas despreparadas...uma vergonha........
 
wagner barreto leite em 19/06/2013 16:39:23
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions