A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

15/11/2014 10:20

Mãe se desespera com "doença misteriosa" que atinge bebê de um ano

Filipe Prado

Um menino de um ano e um mês está internado na Santa Casa em estado grave. Há pelo menos um mês, a criança não faz refeições regulares e vomita quase todos os dias. A suspeita da mãe, a artesão Laura Cristina da Rosa Tinoco, 28 anos, é de que ele tenha um tumor no estômago, mas a Sesau (Secretaria Municipal de Saúde) não tomou providências quanto ao tratamento.

Muriel Lopes Martins, de acordo com a mãe, já realizou todos os “exames da face da terra”. Há alguns meses atrás ela procurou o Hospital Regional, mas os médicos não encontraram motivos para o mal estar. A partir disso, ela percorreu vários postos de saúde e, por fim, o seu filho foi internado na Santa Casa.

O menino, com apenas 7 quilos, não consegue ingerir alimentos. “Até a água que ele bebe, ele vomita”, comentou a Laura. Para agravar o quadro clínico da criança, Muriel está desnutrido.

“O problema é que eles fazem vários exames e não me dizem o porquê. Eu suspeito que ele tenha tumor no estômago”, admitiu.

Laura disse que alguns médicos criticaram a atitude dos colegas, já que o menino deveria ter feito uma seiografia, exame que avalia a região gastrointestinal alto (esôfago, estômago e duedeno), mas ainda não foi feito e nem autorizado pela Sesau.

“Não sei mais o que eu faço”, desabafou a mãe. “Pode ser tudo, mas não falam pra mim e não resolvem”, comentou Laura.

Sem comer há quase 12h, Muriel começou a apresentar um quadro de hipoglicemia baixa. “Ele quase morreu em meus braços ontem (13)”, revelou a mãe.

A artesã, quase perdendo as esperanças, entrou em desespero, sem saber o motivo da doença do filho e espera que a prefeitura tome providências para que ele melhore. “Eu tenho medo que meu filho morra”, alegou.

Guarda oferece palestra sobre prevenção e combate às drogas em Uneis
Jovens da Unei (Unidades Educacional de Internação) Dom Bosco e da Unidade de Internação Feminina Estrela do Amanhã, em Campo Grande, receberam pales...
Cadastramento biométrico é oferecido pela Carreta da Justiça em Anhanduí
Desde o início desta semana a Carreta da Justiça está realizando atendimentos da biometria no distrito de Anhanduí, no município de Campo Grande, gra...


No Brasil infelizmente é assim, se a pessoa não tem dinheiro, também não vai ter saúde, justiça, etc.
 
wild em 15/11/2014 14:47:00
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions