ACOMPANHE-NOS    
AGOSTO, DOMINGO  07    CAMPO GRANDE 28º

Capital

Mais uma vez, chuva inunda rua à espera de asfalto no Nova Campo Grande

Obras podem ficar comprometidas, já que a via a ser asfaltada em duplicação vira rio até com cachoeira

Por Lucia Morel e Geniffer Rafaela | 17/06/2022 16:43
Duplicação de avenida, em obras, estava passando por intervenções para implantação de asfalto. (Foto: Kísie Ainoã)
Duplicação de avenida, em obras, estava passando por intervenções para implantação de asfalto. (Foto: Kísie Ainoã)

Obra de drenagem e asfalto do bairro Nova Campo Grande pode ser prejudicada e será avaliada amanhã pela prefeitura, caso a chuva pare. O bairro tem sido sucessivamente danificado durante as tempestades e as intervenções nas avenidas Dois (Amaro de Castro Lima) e Sete podem ficar comprometidas, já que a via a ser asfaltada em duplicação vira rio até com cachoeira.

Comerciante no local, Tamires Tavares, 29, afirma que até o material das fossas – o bairro não conta com esgoto – acaba vindo à tona e a água, barro e material de esgoto se misturam, causando fedor, contaminando o solo e claro, prejudicando a saúde. “Não dá pra atravessar, porque não tem como pôr o pé na água”, lamenta.

Em dias piores, a enxurrada é tamanha que acaba adentrando a conveniência. Hoje, a chuva durou cerca de 40 minutos e se aproximou da entrada, onde até mureta foi construída para tentar deter a força das águas.

Fernando Kazama, 22, mantém uma assistência técnica de celulares na mesma via e diz que há nove meses está no local, onde chuvas anteriores invadiram a loja, alcançando uns 10 centímetros e quase danificando aparelhos eletrônicos e móveis. “Não tem muito o que fazer. Se chove, é isso aí. Pretendo me manter aqui, até porque se a obra sair, esse problema deve acabar”, avalia.

Rua ou cachoeira? No Nova Campo Grande, onde não há asfalto a população pena. (Foto: Kísie Ainoã)
Rua ou cachoeira? No Nova Campo Grande, onde não há asfalto a população pena. (Foto: Kísie Ainoã)

Na semana passada, a situação no bairro foi a mesma, com avenida 5 que se transformou em um verdadeiro rio e ainda a entrada do bairro, a avenida Amaro de Castro Lima ficou tomada pela água. Depois disso, caminhão da empresa de coleta de resíduos Solurb ficou atolado m meio ao lamaceiro da Avenida Dois.

O secretário municipal de obras, Rudi Fiorese explica que cessando a chuva, a empresa responsável pela obra fará avaliação e caso necessário, terá que refazer trabalhos já concluídos. Até o momento, não houve atraso no cronograma de entrega do asfalto, segundo o secretário.

Confira a galeria de imagens:

  • Campo Grande News
  • Campo Grande News
  • Campo Grande News
  • Campo Grande News
  • Campo Grande News
  • Campo Grande News
  • Campo Grande News
  • Campo Grande News
  • Campo Grande News
  • Campo Grande News
  • Campo Grande News
  • Campo Grande News
  • Campo Grande News
  • Campo Grande News
  • Campo Grande News
Nos siga no Google Notícias