ACOMPANHE-NOS    
MARÇO, QUINTA  04    CAMPO GRANDE 27º

Capital

Marquinhos diz que não haverá lockdown e defende novas ações como "cautela"

Prefeito anunciou novo horário do comércio, suspensão do passe de ônibus e ampliação do toque de recolher

Por Gabriel Neris e Ana Oshiro | 04/12/2020 12:06
Secretário estadual de Saúde, Geraldo Resende, com o prefeito Marquinhos Trad (Foto: Marcos Maluf)
Secretário estadual de Saúde, Geraldo Resende, com o prefeito Marquinhos Trad (Foto: Marcos Maluf)

O prefeito Marquinhos Trad (PSD) garantiu nesta sexta-feira (4) que não haverá lockdown em Campo Grande, após anunciar série de medidas restritivas, como o toque de recolher, e que as ações foram tomadas por cautela com o aumento de casos confirmados na cidade.

“Não vai haver lockdown. Medidas serão tomadas por precaução e cautela, para que nenhum campo-grandense fique sem leito e sem atendimento”, disse Marquinhos.

O chefe do Poder Executivo também afirmou que as fiscalizações serão intensificadas, com aumento de blitze e testes de bafômetro.

O toque de recolher retornou no dia 27 de novembro das 00h às 5h. A prefeitura decidiu nesta sexta-feira ampliar o toque de recolher das 22h às 5h do dia seguinte.

Também determinou a suspensão do passe dos idosos e estudantes, com terminais funcionando até às 23h, e limite de passageiros de 70% da ocupação total do veículo. O comércio funcionará das 8h às 21h, sendo shoppings das 10h às 22h. Todos os estabelecimentos devem ter limite de ocupação de 40% do total.

A venda de bebidas alcoólicas durante o toque de recolher está permitida apenas através do sistema delivery. As medidas devem ser publicadas em edição extra do Diário Oficial do Município ainda nesta sexta-feira.

Sobre festas particulares, o prefeito disse que a restrição é ineficaz no papel. “É algo que precisa de bom senso. Como vou interferir em uma festa particular? É muito difícil de colocar no papel porque a maioria das pessoas vai ver que não vai ser aplicado”, diz.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário