ACOMPANHE-NOS    
ABRIL, QUINTA  09    CAMPO GRANDE 27º

Capital

Marquinhos diz que vai retirar moradores de rua a partir de amanhã

No fim de semana, o Campo Grande News mostrou o número de moradores perambulando pelas ruas da cidade

Por Ângela Kempfer | 24/03/2020 17:09
Homem dorme em calçada do Bairro Amambai. (Foto: Kisie Ainoã)
Homem dorme em calçada do Bairro Amambai. (Foto: Kisie Ainoã)


Com toque de recolher e o comércio fechado em Campo Grande, ficou ainda mais evidente o número de pessoas que vivem pelas ruas da cidade. Com o risco do coronavírus circulando, sem acesso a higiene, alimentação correta e água potável, essa população fica ainda mais a mercê da doença. Por isso, o prefeito Marquinhos Trad garantiu que a partir de quarta-feira adotará medidas específicas para os moradores de rua.

“A partir de amanhã, nós vamos trazer uma noticia muito positiva, de atenção, carinho e cuidado para, de uma vez por todas, tirar das ruas aqueles que optaram por viver nelas”, anunciou Marquinhos, sem detalhar o que vem por aí.

A prefeitura já havia tentado demover os moradores de rua e levá-los ao Cetremi (Centro de Triagem de Migrantes), mas boa parte não aceita viver no abrigo, que fica no Parque dos Poderes.

No fim de semana, o Campo Grande News publicou reportagem mostrando a quantidade de pessoas que continua dormindo por avenidas e vielas da cidade, sem acesso ao básico. Muitos reclamaram, inclusive, que nem sequer a comida doada pela população tem chegado até eles, porque os comércios, que eram a maior fonte de doações, estão fechados.

No Centro, papelão é cama para morador de rua. (Foto: Kisie Ainoã)
No Centro, papelão é cama para morador de rua. (Foto: Kisie Ainoã)
Em praça da avenida Bandeirantes, outro homem dorme ao relento. (Foto: Kisie Ainoã)
Em praça da avenida Bandeirantes, outro homem dorme ao relento. (Foto: Kisie Ainoã)