ACOMPANHE-NOS    
OUTUBRO, DOMINGO  17    CAMPO GRANDE 20º

Capital

Médico da linha de frente do Hospital Regional morre vítima da covid-19

Conforme nota divulgada pelo HRMS, Robson foi internado no hospital Unimed logo após descobrir a doença

Por Marcos Rivany | 10/01/2021 11:47
Robson Fukuda enquanto presidente do Conselho Estadual de Saúde em 2017. (Foto: Wagner Guimarães / ALMS)
Robson Fukuda enquanto presidente do Conselho Estadual de Saúde em 2017. (Foto: Wagner Guimarães / ALMS)

Morreu no início da manhã deste domingo (10), o médico cirurgião vascular, Robson Yutaka Fukuda, vítima da covid-19, doença que ele mesmo atuava na linha de frente. Ele trabalhava no HRMS (Hospital Regional de Mato Grosso do Sul) e havia acabado de entrar de férias quando descobriu que havia contraído a doença.

Conforme nota divulgada pelo HRMS, Robson foi internado no Hospital da Unimed logo após descobrir a doença. “Essa doença é muito cruel e traiçoeira. Temos muito ainda para enfrentar. O Dr. Fukuda foi a esperança de centenas de pacientes, que auxiliou no combate incansável a essa pandemia”, declarou Rosana Leite de Melo, diretora do HRMS, em nota oficial.

Nas redes sociais, familiares, amigos e pacientes se despedem do médico com publicações de mensagens de conforto.

Robson Fukuda atuava no Hospital Regional há mais de 20 anos. Entrou lá em 1999 e nos últimos dias auxiliou no tratamento de centenas de pessoas que também tiveram a covid-19. Ainda conforme nota oficial do HRMS, Robson foi diretor da SES (Secretaria Estadual de Saúde) e presidente do Conselho Estadual de Saúde. Ele deixa esposa e três filhos.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário