A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

06/02/2016 09:57

Mesmo com alertas, é possível achar noz da Índia bem no centro da cidade

Médicos e especialistas contra-indicam o uso, mas a venda ainda acontece

Bianca Bianchi
Barraca vende noz da Índia bem no centro da cidade (Foto: Alan Nantes)Barraca vende noz da Índia bem no centro da cidade (Foto: Alan Nantes)

O uso de noz da Índia para emagrecer foi um dos assuntos que mais chamou atenção em Campo Grande durante esta semana. Médicos e até o Civitox-MS (Centro Integrado de Vigilância Toxicológica) contra-indicam o uso, alertando para os riscos à saúde, mas a venda ocorre até no Centro da Capital.

Sem identificação de imprensa, a equipe do Campo Grande News foi à rua novamente tentar encontrar o produto. E achou. No início da semana, a equipe já havia flagrado a noz sendo vendida no Mercado Municipal e pela internet.

Considerado um dos cruzamentos mais movimentados de Campo Grande, na esquina das avenidas Afonso Pena e Calógeras é possível encontrar duas barracas de raizeiros, uma em cada lado da pista. Em pelo menos uma há a noz da Índia à venda.

Na primeira, na frente da Casa do Artesão, o responsável pela barraca diz vender apenas "congonha de bugre" para emagrecer. Por R$ 5,00 é possível comprar um maço grande da erva medicinal. A recomendação é fazer chá e beber ao longo do dia.

Quando perguntado sobre a noz da Índia, a resposta do vendedor vem assustada. "Não trabalho com essas coisas não, dona". Sobre os perigos da semente, ele não estende muito a conversa, mas se posiciona. "Quando uma pessoa só fala é uma coisa, quando duas ou três falam, tem que prestar atenção".

Ao atravessar a rua, a barraca da dona, que se identifica como Inês, tem maleitoso, sene e hibísco. Todos são ingeridos na forma de chá. Sobre a eficácia, diz que está usando hibísco e garante: "tira a fome". Mas, fala que os efeitos demoram um pouco para aparecer.

Nesta hora, tira um pacote de noz da Índia do fundo de uma caixa e afirma que é o que mais funciona. "Em uma semana dá um resultado excelente. Já tem um ano que eu vendo. Pra quem eu vendo, sempre volta e compra mais", comemora.

Pergunto se ela sabe do caso da moça que tomava a noz e morreu. "Ela tinha problema de saúde já, né?", tenta desconversar.

A vendedora afirma comprar a noz da Índia de uma empresa de Goiânia-GO, identificada como Paladar, supostamente especializada em produtos naturais e dietéticos. A vendedora mostra que a embalagem, bem como a indicação de como usar. "Vem tudo identificado, é de confiança", afirma.

O preço dos três primeiros produtos que a vendedora apresentou é de R$ 5,00 por pacote. A noz da Índia custa R$ 20,00. "Quanto melhor o efeito, mais caro", explica ela. 

A reportagem tentou, mas não conseguiu contato com a empresa que, segundo a vendedora, fornece a noz da Índia.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions