A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 26 de Setembro de 2018

27/02/2012 18:52

Mochila com sandália de bebê e material pornô é achada na casa de idoso morto

Nadyenka Castro e Viviane Oliveira

Dentro também havia caderno e cartão de memória com vídeo pornô. Ainda não há nenhum suspeito para o assassinato de Francisco Feldhaus, 68 anos

Delegado explica que autor do crime provavelmente dormiu no local e era conhecido da vítima. (Foto: Marlon Ganassin)Delegado explica que autor do crime provavelmente dormiu no local e era conhecido da vítima. (Foto: Marlon Ganassin)
Dentro da mochila havia vários objetos. A mochila e o pau foram apreendidos ainda no domingo. (Foto: Marlon Ganassin)Dentro da mochila havia vários objetos. A mochila e o pau foram apreendidos ainda no domingo. (Foto: Marlon Ganassin)

Uma mochila onde havia sandália de bebê e cartão de memória com vídeo pornô foi encontrada na casa de Francisco Feldhaus, 68 anos, morto a pauladas na manhã desse domingo, no bairro São Jorge da Lagoa, em Campo Grande.

De acordo com o delegado Valmir Messias de Moura Fé, responsável pela investigação, o objeto foi apreendido na residência ainda no domingo.

Ele explica que a sandália de menina era usada como chaveiro da mochila, que as imagens no cartão de memória aparentam ter adolescentes como personagens e terem sido retiradas da internet. No cartão há ainda músicas de funk com letras alusivas ao sexo.

Dentro da mochila também há um rádio, estojo com lápis de cor, um caderno com versos de poesia e cartinhas de amor. No caderno aparecem quatro nomes - sendo três de menino e um de menina. Estes menores de idade serão chamados para prestar depoimento. Policiais foram até uma escola pública na região do São Jorge da Lagoa para tentar localizar os adolescentes.

O crime - Francisco Feldhaus foi morto com duas pauladas na cabeça. O pedaço de pau foi encontrado no terreno baldio ao fundo da casa da vítima, também no domingo.

Segundo o delegado, a suspeita é que o autor do crime seja conhecido da vítima e tenha pernoitado na casa. Não houve luta entre os dois, nada foi roubado e o idoso provavelmente foi pego de surpresa.

Estupro - O marceneiro já foi condenado por estupro de vulnerável (quando a vítima é menor de 14 anos). Em 2010 ele foi beneficiado com liberdade condicional.



Esse tipo de caso não devia nem merecer a atenção do poder público, um verme covarde morto, a sociedade agradece, menos um pedófilo para ser protegido pela nossa lei ridícula, menos custo para o nosso judiciário caro e ineficiente, todos ganham, pedófilo/estuprador/Serial Killer = NÃO TEM CURA, já existe milhares de estudos na área e todos apontam para o mesmo caminho = irrecuperáveis.
 
Roberto Inzagaki em 28/02/2012 08:55:38
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions