A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 24 de Abril de 2019

29/11/2018 06:43

Morador da favela do Mandela morto em confronto com a PM tinha 19 anos

A arma de fogo utilizada pelo suspeito, um revólver calibre 38 com três munições deflagradas e duas intactas, foi apreendida

Viviane Oliveira
Segundo a polícia, o jovem morreu quando deu entrada na Santa Casa de Campo Grande. (Foto: Reprodução Facebook)Segundo a polícia, o jovem morreu quando deu entrada na Santa Casa de Campo Grande. (Foto: Reprodução Facebook)

Foi identificado como Wilhian Carlos Santos da Silva, 19 anos, o rapaz morto em confronto com a Polícia Militar, por volta das 21h de terça-feira (27), na região conhecida como favela do Mandela, na Rua Sunko Yonamine, no Bairro Morada do Sossego, em Campo Grande. Ele estava sem documentação e foi reconhecido pela mãe e o tio. 

Conforme boletim de ocorrência, a Polícia Militar fazia rondas no local, quando avistou em frente a um barraco dois homens suspeitos. Os policiais tentaram abordá-los, mas os dois foram para lados opostos, um deles saiu correndo para uma área de mata. A PM, então, solicitou apoio de outras viaturas.

Foram feitas buscas no matagal com uso de lanternas. O suspeito foi localizado, mas armado com revólver disparou pelo menos três vezes contra a equipe, que revidou. Ele foi atingido no tórax. Nenhum policial ficou ferido. Wilhian foi socorrido pela polícia e levado à Santa Casa, onde morreu.

Segundo a polícia não foi possível indicar com precisão onde ocorreu o confronto, situação que impossibilitou os trabalhos da Perícia Técnica. Já o outro suspeito, segundo relatos de testemunhas à polícia, fugiu em uma moto vermelha e ainda não foi localizado, nem identificado. A arma de fogo utilizada por Wilhian, um revólver calibre 38 com três munições deflagradas e duas intactas, foi apreendida. 



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions