A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 17 de Janeiro de 2018

29/03/2012 10:49

Morador de rua que teve corpo queimado vai ficar internado por mais 3 meses

Francisco Júnior

A vítima teve 40% do corpo queimado. Cinco acusados do crime estão presos

Levi da Costa, de 22 anos, que teve 40% do corpo queimado em uma tentativa de homicídio, ocorrida no último dia 10, no bairro Morada Verde, em Campo Grande, vai permanecer internado na Santa Casa por cerca de três meses. A informação é do pai dele, Leandro da Costa.

De acordo com ele, Levi ainda está muito debilitado. “Ele teve o pulmão queimado. O nariz queimado. Ele ainda está muito machucado”, disse o pai, que reveza com a esposa as visitas ao filho no hospital. O rapaz está internado na ala de queimados desde o dia em que foi socorrido por uma equipe do Corpo de Bombeiros.

Leandro se diz aliviado com a prisão das cinco pessoas que tentaram matar Levi. “O delegado Weber fez um bom trabalho. Espero que eles fiquem presos”.

A justiça decretou nesta quinta-feira a prisão preventiva de Lucilene Tavares dos Santos, 36 anos, ex-mulher da vítima, Renato dos Santos Almeida, 28 anos, Thiago Misael Segóvia de Moura, 21 anos, Thiago Vieira da Silva, 23 anos, e Luiz Henrique dos Santos, 53 anos. Todos, segundo a Polícia Civil, têm envolvimento no crime, motivado por uma dívida de droga da com Luiz Henrique.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions