A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

16/12/2015 12:35

Moradores da Cidade dos Anjos vão à prefeitura para cobrar casa própria

Aline dos Santos
Grupo reclama que prefeito (ao centro) esqueceu de favela. (Foto: Fernando Antunes)Grupo reclama que prefeito (ao centro) esqueceu de favela. (Foto: Fernando Antunes)

Moradores da favela Cidade dos Anjos fizeram protesto em frente à prefeitura de Campo Grande nesta quarta-feira. Segundo a líder comunitária Cristiane da Silva Martins, 32 anos, as famílias estão há quase três anos à espera da casa própria. A área invadida fica no Jardim das Hortênsias e pertence à administração municipal. Atualmente, a favela é o endereço de 40 famílias.

Cristiane afirma que o prefeito Alcides Bernal (PP) prometeu solução em setembro, mas até agora não houve novidades. “No dia 11 de setembro, depois que ele voltou para a prefeitura, ele garantiu que ia dar uma solução para nós e até hoje. Esqueceu de nós”, diz.

Conforme a liderança, o prefeito permitiu que seja “cortado” lotes, ou seja, um primeiro passo para loteamento. À imprensa, o prefeito afirma que estuda a possibilidade de dar outro destino à área pública, que deveria receber uma praça.

“Vou analisar e encontra a solução. Vou lá com uma equipe para verificar quem é quem. Tenho informações que tem gente que não mora lá e quer uma área, quem não precisa”, afirma Bernal, que conversou com o grupo que foi ao Paço Municipal, na avenida Afonso Pena.

De acordo com Bernal, a fila para casa própria tem 28 mil cadastrados. A equipe da Emha (Agência Municipal de Habitação) vai amanhã à Cidade dos Anjos.

Segundo Cristiane Matos, equipe do governo foi ao local e prometeu a instalação de banheiro seco, adotado em Belo Horizonte (Minas Gerais).



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions