A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

07/03/2011 17:56

Moradores da Nv. Campo Grande convivem com cobras e ratos trazidos pela chuva

Jorge Almoas
Morador coloca pedaço de madeira para sinalizar cratera coberta pela enxurrada (Foto: João Garrigó)Morador coloca pedaço de madeira para sinalizar cratera coberta pela enxurrada (Foto: João Garrigó)

Há uma semana, Cleonice Ferreira da Silva Gimene, de 33 anos, acorda e se depara com a mesma cena: o quintal com água empoçado, e a Rua 105, no bairro Nova Campo Grande, escondida sob uma enxurrada que desce incessantemente do ponto mais alto do bairro. Agora, o risco são os animais peçonhentos que surgiram na região.

“Essa água desce o tempo todo. Eu falo que moro no rio 105, porque a rua sumiu. Só vejo água e bicho”, conta a moradora, que diz não agüentar mais. “Amanhã me mudo daqui. Já aluguei uma casa no asfalto. Meus filhos não podem ir à escola por causa dessa chuva”, reclama Cleonice.

Vizinha de Cleonice, Joice Moraes relata que no sábado um senhor caiu no bueiro coberto pela água. “Ele não viu e ficou entalado. Não temos nem o que fazer, a não ser esperar”, disse a moradora.

Hoje pela manhã, o morador Valmir Candia dos Santos matou uma cobra da espécie jararaca.

“Estava limpando o quintal, tentando desviar a água quando vi o bicho. Fico com medo, porque tem minha mãe em casa, que é idosa. Vai que essa cobra entrava lá?”, questiona Valmir.

Já o vizinho da frente tem outros casos de bichos peçonhentos levados pela chuva. “Matei quatro cobras no quintal de casa. Tem rato, camundongo, escorpião. Deviam rebatizar a rua para Pantanal, porque já tem água e bicho”, desdenha Clésio Castilho.

O Campo Grande News esteve no bairro Nova Campo Grande nesta segunda-feira e constatou que grande parte das ruas está tomada pela água da chuva.

Na Avenida 9, linha de ônibus, a água não domina toda a extensão, mas fica empoçada na esquina com Rua Teófilo Otoni, formando um imenso lago na rotatória.

Na Rua 10, os moradores se arriscam para sair de casa. E na rua 105 um morador improvisou com um pedaço de madeira um sinal para um imenso buraco.

Algumas pessoas ouvidas disseram que um açude dentro da área do Aeroporto Internacional de Campo Grande estourou e a água desce desse local para o restante do bairro.

No entanto, a informação não foi confirmada.



Estamnos à apenas 6 Kilômetros do centro da cidade, e o descaso é total.
 
getulio s santos em 08/03/2011 10:40:54
essa campo grande ,,, deveria se chamar pantanal de tantos bichos que ja estao se tornando moradores da cidade. daqi aalguns anos ao inves de moradores teemos agua e bichooo
entao chove campo grande rsrrsrrrsrs
 
priscilla neto em 07/03/2011 09:37:25
É triste ver essa situação dos moradores deste bairro, uma vez que pagam impostos absurdos para a prefeitura e no entanto as vias são uma catastrofe. Pergunto ao prefeito e ao governador: Onde esta o poder público nesta situação? Por que não fazem algo para evitarem tipos de transtornos como estes? Cadê o dinheiro do IPTU, ora cobrado de forma exorbitante? Eu estive neste bairro dias atrás, inclusive tenhbo algumas filmagens do alagamento, é são aterrorizadoras, tipica de filmes de catastrofes, mas infelizmenrte reais. Vamos esperar q são Pedro dê uma trégua, pois é o que resta para os moradores deste bairro.
 
waltemar Aparecido Lima Vieira em 07/03/2011 07:04:32
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions