A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

14/05/2014 11:25

Moradores da região Imbirussu cobram “onda policial” e obras

Aline dos Santos e Kleber Clajus
Câmara Municipal recebeu debate sobre problemas de bairros. (Foto: Kleber Clajus)Câmara Municipal recebeu debate sobre problemas de bairros. (Foto: Kleber Clajus)

Dois pedidos dominaram a audiência pública sobre a região Imbirussu: obras e segurança. O encontro entre lideranças de bairros, representantes da Prefeitura e vereadores foi realizado na manhã desta quarta-feira na Câmara Municipal.

Presidente da associação do Jardim Petrópolis, Cristina Rodrigues de Moraes relatou que a comunidade faz o mesmo pedido há 30 anos. “Precisa de um parapeito na ponte da avenida Capiberibe”, disse.

A insegurança dos moradores também foi lembrada. Segundo ela, são cinco assaltos semanais na feira livre do bairro. Cristina cobrou providências para a escola municipal Nagib Raslan. No local, o muro caiu durante uma chuva forte. A escola tem 450 alunos.

Representante do Jardim Aeroporto, Anderson Franco pediu uma “onda policial” para conter a violência e conclusão do vestiário do campo de futebol da Vila Popular. A reunião, a segunda num ciclo de oito audiências, teve baixa adesão dos vereadores. Por volta das 10h, eram somente nove.

Enquanto que ao término, havia a presença de 13  dos 29 parlamentares: Waldecy Batista Nunes (PP), o Chocolate; Elizeu Dionizio (SDD); Carla Stephanini (PMDB); Carlos Augusto Borges (PSB), o Carlão; Luiza Ribeiro (PPS); Grazielle Machado (PR); Paulo Pedra (PDT); Gilmar da Cruz (PRB); Mário César (PMDB); Chiquinho Telles (PSD); Herculano Borges (SDD); Magali Picarelli (PMDB); e Zeca do PT.

Já a Prefeitura enviou representantes de todas as secretarias. Conforme o titular da Seintrha (Secretaria de Infraestrutura, Transporte e Habitação), Semy Ferraz, são 13 obras licitadas, no valor de R$ 22,4 milhões, para atender os bairros da região Imbirusssu. Os recursos vão para posto de saúde, pavimentação e drenagem.

Outras cinco obras serão licitadas: reforma da Unidade Básica de Saúde e implantação da academia da terceira idade no Serradinho; contratação de equipe para combate à dengue; limpeza urbana e manutenção de tapa-buraco. Já segurança pública é atribuição do Estado.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions