ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
FEVEREIRO, TERÇA  27    CAMPO GRANDE 26º

Capital

“Moranguinho” não resiste e morre depois de ser atingido por tiro na cabeça

Maicon era um ladrão conhecido na região norte de Campo Grande e tem ficha extensa na polícia

Ana Oshiro | 02/09/2022 07:38
"Moranguinho" sendo atendido pelos Bombeiros após atentado (Foto: Kisie Ainoã)
"Moranguinho" sendo atendido pelos Bombeiros após atentado (Foto: Kisie Ainoã)

Maicon Anderson Vieira Duarte, de 35 anos, conhecido como "Moranguinho", morreu na noite desta quinta-feira (1), na Santa Casa de Campo Grande, depois de ser alvo de um atentado no Bairro Mata do Jacinto e ser atingido por um tiro na cabeça.

Socorrido em estado gravíssimo para o hospital, Maicon morreu 1h30 depois de dar entrada na Santa Casa de Campo Grande. Ele teve uma parada cardiorrespiratória e não resistiu, falecendo às 20h13. Ele era um ladrão conhecido na região norte da Capital e tinha ficha extensa na polícia, além de responder a 5 processos na Justiça por furto.

"Moranguinho" havia saído da cadeia no dia 26 de julho e estava na Rua Areti Deligeorges Vavas quando foi vítima do atentado. Dois homens desconhecidos, em uma moto vermelha, são os suspeitos. De acordo com a ex-esposa de Maicon, o garupa da moto desceu, atirou na cabeça de "Moranguinho" e foi embora correndo junto com o piloto da moto, em direção à Rua Takei Taira.

Conforme as denúncias oferecidas contra “Moranguinho”, ele furtou estabelecimentos comerciais nos bairros Coronel Antonino, Monte Castelo, Carandá Bosque, todos na região norte da cidade. A ex-mulher dele contou ainda que frequentemente ele recebia ameaças e isso motivou a separação do casal.

Nos siga no Google Notícias