ACOMPANHE-NOS    
AGOSTO, QUINTA  11    CAMPO GRANDE 

Capital

Motociclista “não vê seta” e bate em 3 carros em avenida

Motorista de aplicativo alega que trânsito estava parado e, por isso, tentou entrar na rua México

Por Danielle Valentim e Bruna Kaspary | 17/08/2018 09:44
Depois do 1º carro, um segundo Gol, prata, e um veículo Mercedes A160, também foram atingidos. (Foto: Henrique Kawaminami)
Depois do 1º carro, um segundo Gol, prata, e um veículo Mercedes A160, também foram atingidos. (Foto: Henrique Kawaminami)

Um motociclista de 38 anos, que se identificou como Bruno, colidiu na lateral de três carros na manhã desta sexta-feira (17) na esquina da avenida Fábio Zahran com a rua México, região central de Campo Grande. O piloto da Yamaha alega não ter certeza se o motorista do primeiro carro sinalizou a conversão à direita.

O motorista do aplicativo Uber Átila Borges, de 35 anos, conduzia um Gol, prata, e transportava um cliente quando se envolveu no acidente. Ao Campo Grande News relatou que o trânsito estava parado na Fábio Zahram e, por essa razão, sinalizou que entraria na rua México. “Ele atingiu o para-choque dianteiro, quando eu tentava entrar na rua México”, disse.

Após bater no primeiro veículo, o motociclista continuou colidindo em outros carros, um segundo Gol, prata, e um veículo Mercedes A160, que teve retrovisor arrancado.

O motociclista disse à reportagem que não tinha certeza se o motorista de aplicativo deu sinal de iria virar à direita. O piloto da Yamaha seguia pela Fábio Zahram ao lado direito dos veículos. O Corpo de Bombeiros foi acionado, mas todos recusaram atendimento.

Nos siga no Google Notícias