ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
JUNHO, SÁBADO  22    CAMPO GRANDE 24º

Capital

Motociclista que matou menino foi visto em conveniência a 300 metros de acidente

Criança de 3 anos foi atropelada por motociclista, que fugiu sem prestar socorro

Por Dayene Paz | 22/04/2024 09:45
Trecho onde aconteceu acidente, na Rua Maria de Lourdes Viêira de Matos. (Foto: Henrique Kawaminami)
Trecho onde aconteceu acidente, na Rua Maria de Lourdes Viêira de Matos. (Foto: Henrique Kawaminami)

O motociclista que atropelou e matou uma criança de 3 anos, na Rua Maria de Lourdes Viêira de Matos, no Bairro Paulo Coelho Machado, em Campo Grande, parou em uma conveniência logo depois do acidente na tarde deste domingo (21). O estabelecimento fica a 300 metros de distância do atropelamento, na Rua Catiguá.

Não há informações se o motociclista ingeriu bebidas alcoólicas nessa conveniência, mas câmeras de segurança do comércio podem ter registrado quanto tempo ele ficou no local e se tomou alguma bebida. O motociclista fugiu sem prestar socorro ao menino. Familiares disseram que a ambulância demorou a chegar, e defendem que o socorro imediato poderia ter salvado a vida da criança.

O tio, Ricardo Henrique, contou que o sobrinho estava brincando do outro lado da rua, em frente a um condomínio, quando a tia o chamou para entrar em casa. Foi quando ele atravessou sem olhar para os lados e aconteceu o atropelamento. "A ambulância demorou muito para socorrer", disse o tio.

Socorrido pelo Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência), a criança foi encaminhada para a Santa Casa, mas teve três paradas cardíacas e morreu. Segundo Ricardo, o motociclista não chegou a cair: "só olhou para trás e foi embora".

Os pais da criança estão inconsoláveis e passaram a noite em branco. "Dormiram sob efeito de remédios", disse Ricardo. A família aguarda a liberação do corpo para iniciar os trâmites funerários.

Receba as principais notícias do Estado pelo Whats. Clique aqui para acessar o canal do Campo Grande News e siga nossas redes sociais.

Nos siga no Google Notícias