ACOMPANHE-NOS    
OUTUBRO, QUARTA  21    CAMPO GRANDE 28º

Capital

Motorista baleado durante golpe do falso frete é de Dourados e segue internado

Ladrões chegaram a levar o caminhão guiado pela vítima, que foi abandonado por eles

Por Liniker Ribeiro | 25/09/2020 14:00
Caminhão encontrado abandonado às margens da rodovia BR-163 (Foto: Reprodução)
Caminhão encontrado abandonado às margens da rodovia BR-163 (Foto: Reprodução)

É de Dourados, a 233 km de Campo Grande o caminhoneirode 39 anos vítima do golpe do falso frete que acabou baleado após reagir a ação de bandidos, no fim da tarde de ontem (24), no Bairro Universitário.

Devido aos ferimentos provocados por dois tiros que o atingiram, o condutor foi transferido para Santa Casa de Campo Grande, onde está em observação.

Segundo a assessoria de imprensa do hospital, o estado de saúde da vítima é considerado estável. Ele está sendo acompanhado pela equipe de ortopedia.  Não há previsão de o paciente passar por procedimento cirúrgico.

O crime - A vítima foi baleada em uma das mãos e também na região do tórax. Segundo apurado pela reportagem, o morador de Dourados havia sido contratado para frete, em Campo Grande, e após chegar ao local combinado com o falso cliente, na Rua Ênio Cunha, no Universitário, acabou sendo abordado por duas pessoas, uma delas armada.

O ataque aconteceu em um lugar conhecido como "Buracão", em trecho escuro, sem asfalto e sem construções. A suspeita é de que a vítima tenha reagido à ação, o que pode ter motivado os disparos com arma de fogo. Após atirar contra o motorista, a dupla fugiu com o caminhão da vítima, depois abandonado.

Moradores socorreram o homem ferido e, depois, a Polícia Militar e também o Corpo de Bombeiros chegaram ao lugar. Inclusive, foi equipe de policiais militares que localizou o veículo da vítima abandonado às margens da rodovia BR-163, na região do Jardim Itamaracá, na Capital.

O caso está sendo investigado pela Defurv (Delegacia Especializada de Furtos e Roubos de Veículos). Porém, segundo apurado, a polícia aguarda a vítima ter alta do hospital para que ela preste depoimento. Até o momento, não há informações sobre a localização dos suspeitos.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário